Os novos vinhos da Quinta do Mouro

Já conta um quarto de século a história dos vinhos da Quinta do Mouro, localizada em Estremoz, Alentejo. Em 2014, apresenta seis colheitas que surpreendem quem ainda não conhecia a marca.

A quinta em si data do séc. XVIII, mas só depois de adquirida em 1989 por Miguel Louro, dentista de profissão e apaixonado por vinhos, começa a ganhar fama de produtora de vinhos. O agora enólogo começa por plantar castas que se dão bem no clima e nos solos alentejanos: Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet, Cabernet Sauvignon e Castelão. E em 1994 lança o primeiro vinho Quinta do Mouro, logo reconhecido por apreciadores mas sem chegar ao grande público. Em 98, troca a Castelão pela Touriga Nacional e constrói a Adega. Nasce a marca Casa dos Zagalos, dirigida ao um público mais abrangente. Em 2004 surge o Vinha do Mouro, resultado de maior área de cultivo, que não deixou de crescer desde então.

Atualmente, a Quinta tem 27 hectares de vinha, principalmente em solos xistosos, onde predominam as castas Aragonez, Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Trincadeira, Cabernet Sauvignon, Merlot e Petit Syrah. Miguel Louro é acompanhado nesta aventura pelos filhos, Luís e Miguel, pelo enólogo residente Luís Chouriço e pelo enólogo consultor Luís Duarte.

Os vinhos são feitos a partir de vinhas próprias, com baixa produtividade, por processos tradicionais que incluem a pisa a pé, durante 2 dias, em lagares. A fermentação continua depois em depósitos de inox.

Os vinhos da Quinta do Mouro são vinhos encorpados, com uma boa estrutura, excelente equilíbrio, forte personalidade e grande potencial de envelhecimento.  Em 2014, a Quinta do Mouro lança seis novas colheitas com a imagem renovada, mas que mantém a ligação à casa apalaçada. São eles:

Vinha do Mouro Branco 2013 – É um vinho oriundo de solos de xisto, é composto pelas castas Antão Vaz (35%), Arinto (35%) e Verdelho (30%). É um vinho fresco e equilibrado, com boa intensidade aromática. P.V.P 5,65€.

Vinha do Mouro Tinto 2011 – Um vinho com 4 anos que já demonstra a potencialidade de envelhecimento, elegância e de aromas profundos é oriundo de solos calcários e xistosos, é composto pelas castas Trincadeira (45%), Aragonez (30%), Alicante Bouschet (15%) e Cabernet Sauvignon (10%). P.V.P 5,65€.

Zagalos Reserva 2009 – Um vinho que nasce de vinhas plantadas em solos xistosos composto pelas castas Trincadeira (50%), Aragonez (30%), Alicante Bouschet (10%) e Cabernet Sauvignon (10%). É um vinho que demonstra uma bela profundidade aromática, com notas de fruta algo madura e alguma especiaria. O estágio de um ano em barrica de carvalho francês contribui para que se apresente com bom volume na boca e muito equilibrado. P.V.P. 12,50€.

Quinta do Mouro 2008 – As características dadas pelas vinhas plantadas em solos xistosos e e pelas castas Aragonez (45%), Alicante Bouschet (35%), Touriga Nacional (10%) e Cabernet Sauvignon (10%) fazem deste vinho um destacado representante do Alentejo, a sua frescura a estrutura são pouco comuns nesta região, mas a sua elegância torna-o distinto e brilhante. P.V.P. 28€.

Quinta do Mouro Cabernet Sauvignon 2011 - Um vinho bem estruturado, marcado pela vinha onde cresce, 100% Cabernet Sauvignon, que aparece como prova do que pode ser diferente num vinho desta casta, plenamente adaptada ao Alentejo. Cor vermelha carregado, aroma fresco, com breves notas maduras. Frescura intensa e muita vivacidade. Na boca, é estruturado, volumoso e com uma acidez bem equilibrada. É um vinho com muita longevidade. P.V.P. 40€.

Quinta do Mouro Rótulo Dourado 2009 – O topo de gama da Quinta do Mouro. Cor granada intensa, aroma muito complexo, bastante encorpado, com uma estrutura e frescura que dificilmente se encontra no Alentejo. Com o tempo vai demonstrar todo o seu potencial. Vinhas plantadas em solos xistosos, é composto pelas castas Alicante Bouchet (55%), Aragonez (25%), Touriga Nacional (10%) e Cabernet Sauvignon (10%). P.V.P. 72,50€.

Quinta do Mouro, 7100-056 Estremoz

Tel.: +351 268 334 097; Email: geral@quintadomouro.com

artigo do parceiro:

Comentários