Livro: “Receitas Mês a Mês” para nos reconciliar com os produtos da estação

A 20 de janeiro chega aos escaparates uma obra que procura conciliar o calendário dos consumidores com a compra de alimentos e confeções culinárias de acordo com os produtos da estação. “Receitas Mês a Mês” apresenta-nos 48 receitas e muitas respostas a perguntas sobre alimentação.

“Receitas Mês a Mês” parte de um princípio lógico: Se os produtores planeiam a sua produção anual ajustando a oferta de determinado alimento em dada época do ano, nós, enquanto consumidores, só temos a ganhar se adaptarmos os nossos pratos e as nossas refeições àquilo que se produz e comercializa em cada estação

A partir desta meta, Luís Saraiva, procura neste seu primeiro livro, responder a perguntas como estas: Dado que os produtos hortícolas e frutícolas têm um ciclo planeado, como podemos tirar o melhor partido dessa sazonalidade nas nossas refeições? Qual o peixe que devemos cozinhar em agosto sem prejudicar os ciclos de vida das espécies? Porque é que o borrego e o cabrito são mais consumidos entre dezembro e abril? Por que razão os bivalves devem ser excluídos da nossa dieta nos meses sem letra «R»?.

“Receitas Mês a Mês” (edição A Esfera dos Livros) apresenta-nos, também, 48 receitas da lavra do autor. Todas as propostas assentam no calendário anual dos produtos.

Uma obra que espelha as duas grandes paixões de Luís Saraiva: o desporto e, acima de tudo, a gastronomia. Para além de ser treinador de râguebi, o seu maior hobby consiste em andar pelos mercados em busca dos ingredientes mais frescos e cozinhar pratos imaginativos para a família e para os amigos.

Licenciado em Economia, Luís Saraiva fez também o curso de Gestão Agrícola, que o sensibilizou para a necessidade de sabermos mais sobre o que comemos, desde a origem e produção dos alimentos às suas propriedades, passando pelas alturas do ano em que os devemos consumir com maior regularidade.

artigo do parceiro:

Comentários