Livro - A que sabe o amor? O nutricionista explica

O sabor do amor parece não ter segredos para o nutricionista Alexandre Fernandes. O seu novo livro viaja, através de uma seleção de receitas deliciosas e light, pelos sabores mais eróticos. "A que Sabe o Amor" traz-nos propostas para jantares especiais, pequenos-almoços descontraídos e almoços picantes.

O poder do açafrão, o calor da malagueta, o exotismo da canela, e outros ingredientes afrodisíacos estão presentes em “A que Sabe o Amor” (edição A Esfera dos Livros), a mais recente obra do nutricionista Alexandre Fernandes, presença frequente em programas de rádio e televisão.

A presente obra apresenta-nos 69 receitas light repartidas por entradas, sopas, saladas, peixes, mariscos, carnes, pratos vegetarianos, sobremesas e bebidas. “Receitas fáceis que são autênticas armas de sedução e que têm em atenção a sua saúde e o seu peso”, como nos diz Alexandre Fernandes.

O autor explica-nos cada um dos ingredientes afrodisíacos, as suas características, para que os possamos usar nas nossas cozinhas, alertando-nos para os alimentos que podem arruinar uma noite de sedução.

Entre as muitas propostas contidas neste volume com perto de 200 páginas estão confeções com nomes bem sugestivos: “Orgia de Zeus”, onde sente o poderoso sabor a açafrão; seguida de umas “Espetadas do Olimpo”, uma espetada de camarão onde se sente o quente sabor da malagueta e da pimenta preta. Espetadas que podem ser acompanhadas por um “Elixir Erótico”, um sumo de frutas naturais. Para terminar, uma “Maçã de Eva”, com o doce e sedutor paladar da canela.

Alexandre Fernandes é licenciado em Nutrição e Engenharia Alimentar (2002) e em Ciências da Nutrição (2010). Realizou várias pós-graduações em diferentes áreas ligadas à saúde, nutrição e marketing, e é orientador em diversas formações. Presença habitual nos meios de comunicação social, tem sido convidado, ao longo dos últimos anos, a participar em programas de rádio e televisão, nomeadamente na TSF, rádio renascença, RTP, SIC, TVI e canais privados por cabo. A sua colaboração estende-se também a jornais e revistas.

artigo do parceiro:

Comentários