Restaurante As Garzas é o primeiro anfitrião espanhol da Rota das Estrelas

O restaurante As Garzas (A Corunha, Espanha) torna-se, a 18 e 19 de setembro, o primeiro anfitrião espanhol da Rota das Estrelas. O evento itinerante nascido em Portugal, considerado um dos festivais gastronómicos mais importantes do nosso país, entra pela primeira vez em Espanha.

Nos dias 18 e 19 de setembro, o Chefe Fernando Agrasar, que já participou em algumas das edições anteriores da Rota das Estrelas, recebe no seu restaurante três dos mais destacados chefes de Portugal, transformando assim, durante uns dias, a “Costa da Morte” na capital gastronómica da Galiza.

Os chefes convidados somam, no total, cinco estrelas Michelin e oito “soles” Repsol. O menu exclusivo será acompanhado por uma proposta de vinhos, entre os quais serão apresentadas algumas referências históricas, que saem das adegas exclusivamente para este evento.

Fernando Agrasar inaugurou o seu restaurante em 1990 e é detentor de uma Estrela Michelin e um “sol” no Guía Repsol. Atualmente As Garzas é considerado uma das propostas gastronómicas mais fortes do panorama galego.

Dieter Koschina é um dos chefes mais reconhecidos de Portugal. Começou a sua carreira na Alemanha, onde trabalhou em alguns dos restaurantes mais importantes, como o Tantris, antes de assentar no Algarve. Hoje, lidera a cozinha do Vila Joya, o primeiro restaurante português a ser galardoado com duas estrelas Michelin e que em 2014 figurava em 22º lugar na lista dos melhores restaurantes do mundo, publicada pela prestigiada revista britânica Restaurant.

Ricardo Costa é responsável pela cozinha do The Yeatman (Vila Nova de Gaia), provavelmente o mais prestigiado restaurante na área metropolitana do Porto, distinguido com uma estrela Michelin e dois “soles” no Guia Repsol. Foi também responsável pela colocação do restaurante do Vidago Palace Hotel no mapa gastronómico.

Vitor Matos foi até este Verão, o chefe do restaurante Largo do Paço no resort de luxo da Casa da Calçada (Amarante), premiado com uma estrela Michelin e dois “soles” no Guia Repsol. Especialista na gestão de restaurantes e hotéis de gama alta, já trabalhou no Vidago Palace Hotel, Grande Hotel da Curia, Tiara Park Atlantic Hotel entre outros.

Nos dois jantares que compõem este evento, a proposta de vinhos que acompanha os pratos dos quatro chefes foi selecionada por José Ferrer, recentemente distinguido pelo “D.O. del Marco de Jerez” como Embaixador gastronómico dos seus vinhos. José é um perito no panorama do vinho espanhol e tem trabalhado nos últimos anos em eventos junto de prestigiados chefes como Dani Garcia, Joan Roca (El Celler de Can Roca), Ángel León (Aponiente), entre outros.

Durante os dias do evento da Rota das Estrelas o restaurante As Garzas propõe uma viagem por alguns vinhos pouco conhecidos, da Galiza e de Jeréz, entre os quais encontram-se algumas referências históricas impossíveis de encontrar no mercado, expressamente cedidas pelas adegas para esta ocasião.

A Rota das Estrelas nasce em 2010 como um festival itinerante que segue um roteiro anual e que passa por restaurantes galardoados com estrela no Guia Michelin. Cada restaurante participante prepara um festival em que cada chefe anfitrião recebe pelo menos outros dois chefes galardoados. Preparam em conjunto um menu e um programa que enobreça os produtos nacionais e locais num verdadeiro tributo à alta gastronomia.

artigo do parceiro:

Comentários