Museu do Pão - Duendes explicam história do pão em ambiente de fantasia

O Museu do Pão, em Seia, acaba de inaugurar a sua nova Ala Temática e Pedagógica sobre a História do Pão e Ciclo de Produção. Uma família de duendes convida a recuar dois mil anos e a conhecer como se fazia o pão no tempo dos lusitanos.

O Museu do Pão, em Seia, na Serra da estrela, inaugura uma nova fase da sua vida com um espaço dedicado ao público adulto e infantil. A visita à nova Ala Temática e Pedagógica do Museu do Pão realiza-se no final do percurso da exposição permanente do museu e tem a duração aproximada de 20-30 minutos.

O novo espaço, com mais de 250 m2, recria um universo de fantasia e magia, onde se recua ao tempo em que a Serra da Estrela se apelidava de Montes Hermínios, local por onde, crê-se, terá passado o guerreiro lusitano Viriato.

Uma família de duendes, oriunda de uma floresta encantada, conta a história desta época, há mais de dois mil anos e dá a conhecer de forma interativa como se labora na arte do pão, segundo as técnicas mais naturais e saudáveis.

Tudo começa com a entrada numa seara de milho gigante em tons verdes, onde surge o simpático Hermio, membro da família de duendes, e que convida os visitantes a recuar no tempo.

O visitante caminha, então, entre espigas gigantes, escuta os sons da floresta, tem encontros com os habitantes do bosque e com personagens míticos como o unicórnio. Em ambiente de fantasia, é apresentado o duende moleiro, o duende padeiro

No final os adultos acompanham as crianças e orientam-nas no atelier, onde modelam massa de pão, mas em breve poderão colocar as mãos na massa e fazem o pão verdadeiro.

A nova Ala Temática e Pedagógica do Museu do Pão foi projetada pelo cenógrafo Paulo Braga, e tem registado desde a sua recente abertura, grande entusiasmo e satisfação por parte de inúmeros visitantes, desde grupos de crianças, residentes na região de Seia, passando também por turistas oriundos dos mais diversos países, incluindo os nacionais.

O Museu do Pão, complexo museológico de 3.500 m2, dispõe de quatro salas expositivas que pretendem exibir e recriar as várias vertentes do pão português: “O Ciclo do Pão; “O Pão Político, Social e Religioso, “A Arte do Pão” e a nova “Ala Temática e Pedagógica - O Mundo Fantástico do Pão”.

A visita ao Museu do Pão tem um valor de 5,00 euros por pessoa, sendo que para crianças dos 3 aos 12 anos e reformados, a entrada é de 3,00 euros, sendo gratuito para crianças com menos de 3 anos. O Museu do Pão está aberto de 3ª a 6ª feira e domingo das 10h00 às 18h00, sábado das 10h00 às 22h00 e encerra à 2ª feira.

artigo do parceiro:

Comentários