Cozinheiros preferem produtos locais e ecológicos, afirma especialista

Os cozinheiros estão mais atentos à proteção do meio ambiente e valorizam os produtos locais e ecológicos, disse à Lusa Pep Palau, diretor do Fórum Gastronómico, um encontro internacional de gastronomia que termina esta terça-feira na Corunha.
créditos: Pexels

Sobre as tendências atuais do mundo da cozinha, Pep Palau, um dos dois responsáveis do Fórum Gastronómico, a par de Jaume Von Arend, observou que “há uma nova atenção aos valores éticos”.

“Aprecia-se que o produto seja local, de proximidade, e é importante conhecer o produtor, quem está por trás do produto”, referiu, em declarações à Lusa.

Os chefes de cozinha também preferem agora produtos que respeitam o meio ambiente e que favorecem a saúde.

“Falar de produtos ecológicos é algo positivo e os cozinheiros estão a incorporá-lo com força na cozinha”, referiu.

A novidade é descobrir algum produto único no local onde o cozinheiro está.

“Há uns anos, a alta cozinha distinguia-se por utilizar produtos que vinham de muito longe, que eram muito exóticos, muito raros. Agora, procura-se que o singular esteja vinculado à proximidade”, explicou.

Este movimento leva também os produtores a melhorar a oferta: “O produtor também precisa de se renovar, de melhorar a embalagem, a capacidade de transportar o produto e de o fazer chegar aos cozinheiros”, indicou Palau, que em 1999 criou o Fórum Gastronómico, o primeiro conceito deste tipo em Espanha.

Ao longo de três dias, mais de 200 produtores de diversos países mostraram os seus produtos, como queijos, presuntos e enchidos, vinhos, azeites, gelados, pão, peixes, entre outros, mas também material técnico de cozinha.

Além disso, houve sessões de apresentação de vários cozinheiros espanhóis e dos portugueses Henrique Sá Pessoa (‘Alma’, Lisboa) e Alexandre Silva (‘Loco’), distinguidos pelo guia Michelin, além de provas de vinhos, incluindo com o catalão Josep Roca, que a par dos irmãos Joan e Jordi, é responsável pelo restaurante ‘El Celler de Can Roca’, com três estrelas Michelin e que já foi considerado o melhor do mundo pela revista ‘Restaurant’.

O tema desta edição do Fórum Gastronómico foi a nova cozinha galega.

Palau sublinhou que há hoje uma nova geração de cozinheiros na Galiza, que está a “modernizar a cozinha, propondo novos formatos de negócio, novos discursos, também incorporando técnicas que aprenderam estes anos, mas sobretudo trazendo frescura, autenticidade, espontaneidade, algumas formas iconoclastas”.

“Isto é muito bom, porque há uma renovação, num território com um produto tão bom como o da Galiza”, comentou.

A próxima edição do Fórum Gastronómico decorre em Girona, em novembro.

Comentários