Os genuínos produtos portugueses

São perto de 800 produtos. Todos eles, não obstante a grande diversidade, respeitam um critério: são produtos genuinamente portugueses e tradicionais.

A lista compilada pela Qualifica (Associação Nacional de Municípios e de Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses) inclui, entre outros, pães, azeites, vinagres, enchidos, presuntos, méis, carnes, frutas frescas e secas, queijos, doces, bolos. Uma verdadeira viagem gustativa de sabores D.O.P. (Denominação de Origem Protegida) e I.G.P. (Indicação Geográfica Portuguesa), com Tradicionalidades Garantidas ou com simples reputação adquirida. Representativos de um saber fazer antigo, estes produtos trazem a garantia do que é bom e respeito para com os territórios.

Uma lista que inclui, entre muitos outros, o Azeite de Trás-os-Montes, o Borrego de Montemor-o-Novo, o Bacalhau de Cura Tradicional Portuguesa, a Carne de Porco Alentejano, o Mel da Serra de Monchique, o Queijo de Cabra Transmontano, o Queijo Serra da Estrela, o Leitão da Bairrada, a Farinheira da Sertã, a Cebola de Alcochete, o Figo Seco de Olhão, a Laranja de Ermelo, o Sal de Castro Marim.

Um roteiro pelo tradicional que também inclui o artesanato. Há bordados, tapeçarias e rendas, colchas e tecidos, cerâmicas e barros, madeiras e pedras, ferros forjados, cestos, cobres, latões. Neste caso temos os Adufes das Beiras, os Barros de Redondo, as Bonecas Típicas da Nazaré, o Bordado de Guimarães, a Empreita de Palma de Tavira, o Ferro Forjado de Coimbra, Olaria de Barcelos, Rendas de Bilros de Peniche.

Uma lista que de acordo com a Qualifica é uma ferramenta para todos aqueles interessados em conhecer os produtos tradicionais portugueses.

Conheça a lista completa

artigo do parceiro:

Comentários