Regras de ouro para guardar molhos

Um bom molho resultante da confeção dos alimentos pode ser reutilizado. Há, contudo, que respeitar algumas regras.

A gordura é menos densa do que a água, sendo esta o principal componente dos sucos libertados pelos alimentos depois de cozinhados. A gordura e a água, depois de misturadas com a confeção do alimento, têm tendência para se separar. A gordura forma uma camada superior e a água desce e assenta no fundo do recipiente.

Para guardar o molho de um determinado alimento cozinhado, verte-se para um recipiente, deixa-se arrefecer à temperatura ambiente, cobre-se e leva-se ao frigorífico.

Quando a gordura superficial solidificar, remove-se, sobrando os sucos naturais. Estes serão utilizados.

Só se remove a gordura superficial na altura de utilização dos sucos. Isto porque esta gordura funciona como um vedante face a contaminações externas ou odores estranhos ao frigorífico.

artigo do parceiro:

Comentários