Dicas para os fritos de Natal

Não os dispensamos nas nossas mesas da Consoada. Para quem opta pelas receitas caseiras, ficam alguns conselhos para tirar dos fritos o melhor proveito.

- Na escolha do fermento deve optar pelo de padeiro;

- Na utilização das leveduras, respeite o tempo indicado para que a massa fique devidamente lêveda. Caso contrário absorverá muito óleo durante a fritura;

- Antes de iniciar a fritura da massa certifique-se que o óleo se encontra à temperatura ideal. Para testar, basta no momento em que leva o óleo ao lume, incluir um dente de alho. Quando este vier à superfície o óleo está à temperatura ideal para começar a fritura;

- Sonhos: Para fritarem em condições terão de “rebentar”. Caso contrário ficam fritos por fora e crus no interior. Para facilitar este processo, utilize a escumadeira encostando os sonhos aos bordos da frigideira;

- Coscorões: Ao tender a massa vá polvilhando a superfície de trabalho com farinha assim como o rolo de cozinha. Uma massa fina significa um coscorão estaladiço;

- Azevias: Caso prefira usar grão seco, demolhe-o com 10 a 12 horas de antecedência. Escorra-o, depois, e coza-o na panela de pressão, em água e sal e por 30 minutos.

artigo do parceiro:

Comentários