Lipoescultura laser

Os resultados são surpreendentes e quem já se submeteu a esta técnica não para de a elogiar. Descubra o procedimento de modelação corporal que veio agitar o mercado da estética

Também conhecida pelo nome do equipamento utilizado no procedimento, Smartlipo, a laserlipólise é uma nova técnica de modelação corporal que utiliza a tecnologia laser para eliminar gordura e volume de áreas localizadas. Disponível em Portugal há vários anos e minimamente invasiva, oferece resultados semelhantes aos de uma lipoaspiração, sem os inconvenientes que lhe estão associados. A laserlipólise é, basicamente, uma variante simplificada da técnica clássica de lipoaspiração. Este método evita o internamento e a anestesia geral, adotada em muitos casos no procedimento normal.

Além disso, oferece maior segurança, uma vez que o laser coagula os vasos sanguíneos e linfáticos, o que diminui o sangramento e o inchaço. Este procedimento permite o regresso imediato do paciente à sua rotina normal. A grande diferença deste procedimento em relação à lipoaspiração tradicional é a possibilidade de não se aspirar a gordura mas, sim, libertá-la das células onde estava armazenada, através da radiação laser, para entrar na corrente sanguínea e ser, progressivamente, eliminada por essa via. Os resultados são surpreendentes e quem já se submeteu a esta técnica não pára de a elogiar.

O procedimento passo a passo

São feitos pequenos orifícios na pele, tipo picada de agulha, por onde é introduzido um líquido anestésico que evita o sangramento e a dor, e facilita a introdução da fibra do laser. Por cada zona a tratar são feitos dois orifícios. Depois, com uma caneta dermográfica, fazem-se as marcações no corpo das zonas a corrigir, que são devidamente desinfetadas. A intervenção é feita através dos mesmos orifícios, por onde é introduzida uma agulha com uma microcânula contendo uma fibra óptica que conduz o laser até ao tecido adiposo.

A ação do laser rompe a membrana das células gordas, libertando a gordura, que entra na corrente sanguínea, para ser eliminada por essa via. Também pode ser aspirada, como na lipoaspiração tradicional. No final, os orifícios são protegidos com um penso e a paciente está pronta a regressar à sua vida normal. Os orifícios são tão minúsculos que não deixam cicatriz nem precisam de pontos.

E depois?

A paciente pode regressar às suas atividades normais no próprio dia, devendo usar uma cinta de compressão durante uma semana. É aconselhável evitar atividades desportivas intensas e saunas durante as duas primeiras semanas, assim como massagens profundas durante um mês.

Antes e depois

Veja na página seguinte: Quanto tempo demora e quanto custa

Comentários