6 cuidados a ter ao sol para conseguir o bronzeado perfeito

Conseguir uma tez sedutoramente dourada não tem de implicar uma exposição perigosa. Veja o que deve fazer para conseguir (mais) cor sem prejudicar a sua epiderme

Quando aparecem os primeiros dias de calor, sentimo-nos bem-dispostos, divertidos, mais otimistas e mais bonitos. O sol emite um fluxo de energia através de ondas eletromagnéticas de diferentes frequências. Além da luz visível, há ainda a infravermelha e a ultravioleta. Sabia que o olho humano consegue apenas detetar a luz visível? A vontade de nos bronzearmos vai aumentando à medida que o tempo aquece mas existem cuidados necessários a ter quando estamos ao sol. Em Portugal surgem, anualmente, cerca de 700 novos casos de melanoma maligno. Para não engrossar as estatísticas, estes são os comportamentos que deve adotar:

1. Evite a exposição solar entre as 11 e as 16 horas. É neste período que as radiações são mais fortes. Se, apesar das contraindicações, decidir permanecer na praia neste período, deve ficar debaixo do chapéu de sol e usar uma t-shirt, só se expondo ao sol nos trajetos de e para o mar, para se refrescar.

2. Aplique sempre protetor solar. Se pratica desportos náuticos, transpira muito ou toma vários banhos de mar, é importante renová-lo frequentemente. «É importante aplicar protetor solar 30 minutos antes da exposição solar e renovar a aplicação de duas em duas horas», refere Orlando Martins, dermatologista.

3. Use sempre óculos de sol e chapéu. As crianças devem usar uma T-shirt escura.

4. Se realizou recentemente (ou pretende realizar) algum tratamento estético, assegure-se junto do médico que pode estar ao sol. Algumas dessas terapias e procedimentos não apresentam contraindicações como, por exemplo, as injeções de toxina botulínica ou outros injetáveis de preenchimentos dérmicos, desde que tenham decorrido 72 horas após o tratamento.

5. Ingira líquidos em abundância e não se esqueça que é importante hidratar a pele do rosto e do corpo após a exposição solar. O ideal é recorrer a fórmulas especialmente desenvolvidas para esse efeito, à venda em hipermercados, parafarmácias e farmácias.

6. Estar à sombra, na praia, não dispensa a aplicação de protetor solar. O mesmo acontece em relação a dias nublados ou com nevoeiro. «Quando se está à sombra existe irradiação pela areia e, nos dias nublados ou de nevoeiro, os raios UVA conseguem atingir a superfície terrestre», alerta Orlando Martins.

Texto: Cláudia Pinto com Orlando Martins (dermatologista)

artigo do parceiro:

Comentários