Os erros que não pode (mesmo) cometer quando usa base

São atualmente muitos os tons disponíveis no mercado e também as texturas à disposição das consumidoras. Veja os cuidados a ter na hora de a escolher e de a aplicar.

Escolher a cor da base de maquilhagem não é tarefa fácil. Muito pelo contrário! É preciso escolher sempre o tom mais parecido com o da sua pele, que nem sempre é exatamente igual aos que encontramos no mercado. Se quer escurecê-lo para lhe dar mais vida, o melhor é fazê-lo depois, com o blush ou com pós bronzeadores. Nunca deve escolher um tom mais escuro do que o seu porque se torna difícil de esbater no decote, impedindo um aspeto natural.

O tom das costas da mão, onde costumamos colocar a base fluída para verificar a cor, é diferente da do rosto. Por isso, é importante escolher o tom no rosto e não na mão. Para saber qual é a sua cor, siga este truque. Aplique três ou quatro tons que lhe pareçam parecidos com o da sua pele e espalhe-os um a um ao longo da linha do maxilar. Depois, escolha a que desaparece quando entra em contacto com a pele.

A textura também é importante

Hoje em dia, as bases de maquilhagem são bastante evoluídas. Tem à sua disposição diferentes formatos que servem para obter o resultado que pretende. Em pó, por exemplo, dão um aspeto mate. A base líquida tem um efeito luminoso em peles baças e corrige facilmente certas imperfeições. Para cada tipo ou estado da pele existe, por isso, uma textura de maquilhagem adequada:

- Em creme

É especialmente indicada para peles secas, já que costuma conter bastantes agentes hidratantes.

- Líquida

Pode ser ligeira ou densa, e tem uma aplicação fácil. Ideal para peles oleosas ou mistas, apesar de também poder ser usada em peles secas, sempre que contiver agentes humectantes.

- Em pó

Apesar de poder ser aplicada em todo o tipo de peles, é mais adequada para as oleosas.

- Mista

Uma textura que é meio creme, meio pó e que pode ser utilizada com bons resultados num rosto que tenha sido previamente hidratado.

- Com pincel

Indicada para todas as peles porque proporciona um acabamento natural, sem pintar as sobrancelhas nem a linha de crescimento do cabelo.

- Em stick

É a melhor opção para peles oleosas. Não é muito aconselhável quando há secura, uma vez que marca muito as rugas.

Veja na página seguinte: As melhoras formas de aplicar a base

Comentários