Professor lança jogo sobre figuras da História e alia parte lúdica à educativa

É um jogo de cartas, infantil, com ilustrações de personalidades da História Mundial

Um professor de História, residente no concelho de Pombal, vai lançar, a partir de setembro, o jogo de cartas “Gente com Memória”, com algumas das figuras da História Mundial, para aliar a parte lúdica à educativa.

 

“É um jogo de cartas, infantil, com ilustrações muito interessantes de algumas das principais personalidades da História Mundial”, disse hoje à agência Lusa David Mendes, que, em 2013, após um ano no desemprego, criou a Pythagoras, marca portuguesa que desenvolve conteúdos e jogos educativos com temas da História e da cultura de Portugal e do mundo.

 

Segundo o responsável, “as 52 cartas que completam o baralho permitem jogar dois jogos e o objetivo é juntar as personalidades de cada categoria”, sendo que “as mecânicas de jogo são simples e estão montadas para aliar a parte lúdica com a educativa”.

 

“Entre as 52 personagens estão os portugueses Fernando Pessoa e Fernão de Magalhães”, revelou, referindo que o baralho inclui outras personalidades que também estão ligadas à história do país, como Napoleão Bonaparte ou Cristóvão Colombo.

 

David Mendes adiantou que “o jogo permite o desenvolvimento de algumas das principais capacidades cognitivas, como o raciocínio e lógica, atenção e linguagem e comunicação”, dispondo, ainda, de “uma componente educativa, pois incluiu um ‘poster’ ilustrado com a biografia das personagens e o respetivo enquadramento histórico da época em que viveram”.

 

Em simultâneo com o jogo “Gente com Memória”, destinado a “crianças a partir dos seis anos e a todos os curiosos da História e amantes de ilustração”, a Pythagoras, que tem atualmente como parceiro de ilustração a Anyforms Design e Comunicação, vai também iniciar, em conjunto com esta empresa, a coleção de puzzles “Heritage” (património), sendo o Convento de Cristo, de Tomar, o número um da coleção.

 

“É um monumento de grande importância arquitetónica, que faz parte da Rota dos Templários. Para além da espetacularidade da ilustração, cada número é acompanhado de um ‘poster’ educativo e ilustrado que explica a história e principais características do monumento, mas que também faz um enquadramento da vida e atividades em seu redor”, acrescentou.

 

O primeiro projeto lançado por David Mendes foi o “Quinto Império”, um jogo de tabuleiro já na segunda edição e que vendeu mais de 3.000 unidades, podendo ser adquirido no país, mas também em França ou Macau.

 

“O mercado global é uma das principais preocupações da Pythagoras”, referiu, explicando que o objetivo é a expansão internacional pelo que os dois lançamentos deste ano têm “os textos e regras traduzidos para inglês e espanhol”.

 

Por Lusa

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários