"O Principezinho", de Saint-Exupéry, será reeditado a partir da edição de 1943

O livro "O Principezinho", do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, terá em janeiro uma nova edição no mercado português, a partir da primeira edição da obra, de 1943, revelou hoje a Porto Editora.

O livro, um clássico da literatura para jovens e adultos, já foi traduzido para dezenas de línguas, já teve várias edições em português - existe também em mirandês -, mas segundo a Porto Editora, "pela primeira vez, os leitores portugueses terão ao seu dispor a versão deste livro tal como Exupéry o escreveu e o entregou à editora americana em 1943".

Antoine de Saint-Exupéry escreveu e ilustrou "O Principezinho" em 1942 nos Estados Unidos, onde estava exilado. A obra foi publicada pela primeira vez em abril de 1943 nos Estados Unidos em inglês e em francês.

Naquele mês em que a obra foi publicada, o escritor e piloto partiu para combater na Argélia. Morreu em 1944 sem saber que o livro foi publicado também em França (1946) - numa edição com ligeiras alterações em relação à publicação norte-americana - e se tornou num sucesso internacional.

A nova edição portuguesa tem por base "um trabalho de investigação que fixa texto e ilustrações conforme a edição de 1943", sustenta a editora, e segue acompanhado de um prefácio de Valter Hugo Mãe.

O manuscrito original de "O Principezinho", que inclui páginas manuscritas e outras dactilografadas, assim como as ilustrações, que Saint-Exupéry confiou a uma amiga, Silvia Hamilton, estão atualmente depositados no The Morgan Library & Museum, em Nova Iorque.

A obra, na qual Saint-Exupéry escreveu que "o essencial é invisível aos olhos", reúne uma série de parábolas em que um pequeno príncipe conta a um piloto as suas aventuras, entre as estrelas e os planetas e nas quais entram também um rei, um geógrafo, uma raposa e uma serpente.

Aconselhado no Plano Nacional de Leitura, "O Principezinho" é um dos livros mais traduzidos e vendidos em todo o mundo, já deu origem a jogos, séries de televisão e as personagens foram apropriadas para uma profusão de objetos e material didático.

Em 2015, "O Principezinho" entrará no domínio público, mas o responsável pela gestão da obra de Saint-Exupéry fez saber, há alguns meses, que quem utilizar a imagem das diferentes personagens sem pagar direitos de autor estará a violar a lei.

Para 2015 está também prevista a estreia de um novo filme de animação, com realização de Mark Osborne e com as vozes de James Franco, Rachel McAdams, Marion Cotillard, MacKenzie Foy, Jeff Bridges, Paul Giamatti e Benicio Del Toro.

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários