Ministério da Educação recebeu desde setembro 41 queixas contra praxes abusivas

Depois da morte de seis estudantes, em dezembro de 2013, o Governo lançou no início do ano letivo um endereço para denunciar situações abusivas de praxe académica. Até agora, pelo menos 41 queixas foram reportadas.
créditos: LUSA/PAULO NOVAIS

O Ministério da Educação e da Ciência (MEC) recebeu, desde o início do ano letivo, 74 exposições no âmbito de uma campanha contra a violência física e psicológica na praxe académica. A maioria (41) são denúncias que estão a ser acompanhadas junto das instituições de ensino superior.

A campanha foi lançada em setembro, depois da morte de seis estudantes da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, no Meco, em dezembro de 2013, a partir da disponibilização de um endereço electrónico: o praxesabusivas@mec.gov.pt.

“Optámos por não revelar nada sobre o conteúdo ou outra informação das mensagens recebidas, para não ferir a confiança que alunos e instituições têm depositado em nós ao denunciar as situações e ao contribuírem para a resolução das situações apresentadas”, indica o ministério, cita o jornal Público.

artigo do parceiro: Nuno de Noronha

Comentários