Itália tem uma das escolas primárias mais sustentáveis e modernas do mundo

A escola ganhou um prémio mundial pelo design e construção em 2014 e situa-se na região de Guastalla, em Itália. Foi construída depois de duas escolas terem sido destruídas pelo terramoto que ocorreu naquela cidade em 2012

A escola ganhou um pr

A escola pré-primária de Guastalla, considerada uma das mais sustenáveis do mundo, vai receber este ano 120 rapazes e raparigas com idades compreendidas entre os 0 e os 3 anos.

O projeto é da responsabilidade do arquiteto Mario Cucinella, conhecido pelas suas obras sustentáveis, e pretende promover a interação entre as crianças através da combinação entre as diversas áreas educacionais e os espaços verdes, que se encontram separadas por vidro.

A escola teve como inspiração a famosa personagem da Disney, o Pinóquio, e daí a utilização de materiais como a madeira.

Nas áreas ao ar livre pretende-se fomentar os cinco sentidos: visão, audição, paladar, olfato e tato.

Sendo um projeto sustentável, a escola possui painéis fotovoltaicos no telhado que permitem reduzir o uso de equipamento mecânico e assim otimizar os recursos energéticos. Quarenta por cento da energia usada na escola vem precisamente da energia renovável.

Também tem um sistema que permite reutilizar a chuva para o sistema de rega do jardim e descargas nos sanitários, o que significa uma poupança de cerca de 57% de água potável.

A escola foi recentemente inaugurada e já é considerada uma das mais sustentáveis e bonitas do mundo.

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários