Inauguração do Parque da BD – Turma da Mônica/Maurício de Sousa

O parque, com cerca de 4 mil metros quadrados, foi construído no espaço onde se situava a Fábrica da Cultura, local onde durante vários anos foi realizado o Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora.

No dia 16 de novembro, sábado, tem lugar pelas 10.00h a inauguração do Parque da BD – Turma da Mônica / Maurício de Sousa, e durante o dia, há muita animação no local e insufláveis para as crianças.

 

No ano em que se celebra o 50.º aniversário da Mônica, personagem incontornável da história da banda desenhada, e num concelho conhecido pela divulgação da 9.ª Arte, a Amadora tem agora um parque na cidade em homenagem ao criador da Turma da Mônica, Maurício de Sousa, que esteve associado a todo o processo de construção deste novo espaço verde.

 

Antes do início da obra, Maurício de Sousa esteve inclusive no local onde existe agora o Parque com o seu nome, e durante a construção do Parque, a Câmara Municipal da Amadora contou com o apoio incondicional dos Estúdios Maurício de Sousa (Brasil).

 

A construção deste parque permitiu requalificar uma zona degradada da cidade e implementar uma nova referência urbana, com características e vocações únicas, que tem a presença das personagens da Turma da Mônica, como a Mônica, o Cascão, o Cebolinha, a Magali, o Bidu, o Zé Lelé, o Chico Bento, entre outros, a uma escala aumentada, estrategicamente posicionadas em vários locais da zona verde, que possibilitam e incentivam o contacto direto e interativo com as crianças.

 

Este parque foi construído com recurso a vários materiais reciclados, alguns deles resultantes do desmantelamento das estruturas que estavam no local. No total, foram reutilizados na obra os seguintes materiais: 100m3 de material orgânico, 1000 m3 de resíduos de demolição e construção retirados das edificações que se encontravam erigidas no local, e 14 m3 de borracha reciclada.

 

Foram ainda instalados 21 bancos de jardim, que resultam na sua totalidade de material reciclado. Além disso, durante a manutenção do parque, o corte da relva, que ronda os 2 m3 em cada operação de corte é sempre entregue no Ecocentro e, posteriormente reencaminhada para a Estação de Tratamento e Valorização Orgânica.

 

Recorrente dos materiais utilizados na obra (reciclados e reutilizados), o Parque foi submetido a uma candidatura no âmbito da Semana Europeia da Prevenção dos Resíduos (que se realiza este ano de 16 a 24 de novembro), por intermédio da Valorsul – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos das Regiões de Lisboa e do Oeste, S.A.

 

Informações úteis: 

Parque da BD – Turma da Mônica / Maurício de Sousa

Rua das Indústrias/Rua Maria Alda Barbosa Nogueira (Falagueira-Venda Nova) – Amadora

Horário do Parque: Das 9.00h às 18.00h

artigo do parceiro:

Comentários