FCUL quer incutir nas crianças o gosto pela ciência

Chama-se "A Ciência chegou aos Pátios" e vai levar a magia da Astronomia, Botânica, Geologia, Matemática e Zoologia, ao pátio da escola EB1/JI de Santo António, em Lisboa.

O projeto “A Ciência chegou aos Pátios” foi um dos vencedores do Concurso Ciência Viva - "Pais com a Ciência", e pretende aumentar o entusiasmo das crianças pela ciência, assim como colmatar as dificuldades financeiras e logísticas que, cada vez mais, limitam a saída das crianças do seu espaço escolar.

 

Neste caso em concreto, a coordenação está a cargo da associação de pais e encarregados de educação dos alunos da Escola EB1/JI de Santo António, enquanto que para “pôr em prática” os objetivos definidos estão professores, alunos e investigadores do Centro de Astronomia e Astrofísica da Universidade de Lisboa (CAAUL), do Centro de Investigação Operacional (CIO), do Centro de Biologia Ambiental (CBA) e do Centro de Estruturas Lineares e Combinatórias (CELC) da FCUL. Estão ainda envolvidos quatro investigadores e um aluno de mestrado.

 

“Todas as oportunidades devem estar acessíveis a todas as crianças. Enquanto investigadores, apenas podemos mostrar-lhes o fascínio da ciência e provar-lhes que esta não é uma atividade "para outros", e que eles próprios podem sonhar com uma carreira na investigação ou noutras carreiras indispensáveis ao desenvolvimento do país” - afirmam cientistas desta Faculdade.

 

Entre as atividades desenvolvidas e as temáticas abordadas conta-se o período de rotação do Sol, as fases da Lua, observar a matemática que rodeia o quotidiano, e estudar, com base no que os alunos encontram no pátio da escola, algumas espécies vegetais que nascem espontaneamente em Portugal e algumas que foram introduzidas. De resto, o tema é proposto pelo investigador/docente, mas são as crianças que partem à descoberta de informação, formulam as questões e “desbravam caminho”, através da investigação, para chegar às respostas.

 

Nota: Imagem cedida por José Afonso, editada por GCIC-FCUL

artigo do parceiro:

Comentários