Cerca de 70% dos casamentos acaba em divórcio

Malta tem a mais pequena taxa de divórcio da União Europeia, com 2%

Há 13 anos que o casamento está em queda em Portugal. No ano passado foram realizadas cerca de 32 mil uniões, metade das 63 752 em 2000.

 

Por outro lado, nos últimos três anos, a percentagem de divórcios em relação aos casamentos celebrados manteve-se nos 70 por cento.

 

Segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional de Estatística, foram celebrados 31 998 casamentos em 2013, enquanto os divórcios foram 22 525, o que corresponde a uma percentagem de 70,4 por cento.


Em 2012, o número de casamentos foi de 34 423, mais 2425 do que no ano passado (31 998).

 

A diferença é mais acentuada no que diz respeito a divórcios. De 2012 (25 380 casos) para 2013 (22 525) são menos 2855 casos.

 

Estes números colocam Portugal como segundo país da União Europeia com mais divórcios. Apenas a Letónia tem uma percentagem maior (77%). No lado oposto está Malta, com dois divórcios em cada 100 casamentos.

 

A acompanhar a descida está também o número de casamentos celebrados no altar. Foram realizados 11 576 casamentos católicos em 2013, quando as uniões pelo civil foram 19 920.

 

Por SAPO Crescer

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários