Baixo consumo de cereais na gravidez pode potenciar a diabetes no feto

Focado na dieta e alimentação das mulheres que estão à espera de bebé, um painel de investigadores identificou que o baixo consumo de cereais integrais pode potenciar o aparecimento de diabetes gestacionais.

A gigante da alimentação Nestlé, em parceria com Consórcio Internacional de Epigen, realizou um estudo cujas conclusões realçam a importância do consumo de cereais integrais pelas mulheres grávidas.

Publicado no Asian Pacific Journal of Clinical Nutrition, este é o primeiro estudo sobre o consumo de cereais integrais na população asiática e em mulheres grávidas. A análise foi realizada a cerca de 1000 mulheres e demonstrou que apenas 30% destas incluem este tipo de alimento na sua dieta.

Ainda assim, a média diária das inquiridas é de apenas 23,6 gramas, o que representa um valor inferior ao recomendado pelo Singapore Health Promotion Board.

Para além de diminuir o risco de aparecimento de diabetes gestacionais, um consumo de cereais integrais adequado às recomendações internacionais contribui ainda para redução da probabilidade de desenvolvimento de diabetes do tipo 2, tanto na mãe como na criança, numa fase mais adiantada da vida.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários