35 milhões de crianças em risco de morte entre 2015 e 2028

UNICEF publica relatório que mostra falhas na concretização dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio.

Um novo relatório da UNICEF mostra que, se as tendências atuais continuarem, o mundo não vai alcançar o Objetivo 4 de Desenvolvimento do Milénio – reduzir a taxa de mortalidade em crianças menores de cinco anos em dois terços até 2015. Pior ainda, se as tendências atuais continuarem, o objetivo não será alcançado até 2028.

 

O custo da inação é alarmante: até 35 milhões de crianças podem morrer por causas evitáveis entre 2015 e 2028, se a comunidade internacional não tomar medidas imediatas para acelerar o progresso, refere a UNICEF.

 

Pneumonia, diarreia e malária continuam a ser as principais causas de mortes de crianças no mundo, ceifando a vida de cerca de 6 mil crianças menores de cinco anos por dia. A subnutrição contribui para quase metade de todas as mortes de menores de cinco anos.

 

O primeiro mês de vida é o mais precário para uma criança. Em 2012, cerca de três milhões de bebés morreram durante o primeiro mês de vida, principalmente por causas facilmente evitáveis. A inversão destas tendências devastadoras requer ação imediata em várias frentes, como está previsto nos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio – reduzir a pobreza, reduzir a mortalidade materna, estimular a educação e a igualdade de género e promover a sustentabilidade ambiental.

Comentários