Cancro Pediátrico: Contar vs Não contar

Abordar o assunto com a criança ou adolescente a quem foi diagnosticado cancro vai depender da sua idade

No entanto, independentemente da faixa etária, os pais não devem esconder a doença dos filhos mas sim informá-los sobre a patologia, os exames que vão realizar, os tipos de tratamento que existem, bem como as alterações que irão ocorrer na sua rotina, de acordo com a idade e capacidade de compreensão da criança.

As crianças rapidamente compreendem ou sentem, no caso das mais pequenas, alterações que afectam a sua rotina. Por isso, logo que se sintam preparados para falar com elas sobre a doença, os pais devem fazê-lo.

Quanto mais tarde for o momento escolhido para dar a notícia ao filho, maior será o período em que a criança irá perceber as mudanças comportamentais sem saber ou compreender o motivo das transformações. Esta atitude pode gerar instabilidade emocional, pois a criança vai perceber que algo está errado e vai querer saber o porquê.

Os pais são as pessoas mais indicadas para falar com a criança sobre a doença, dada a forte ligação afectiva, sendo fundamental o papel do médico quando se trata de informar sobre o diagnóstico.

No momento de informar o filho sobre a doença, os pais não devem recear uma maior fragilidade, nem impedir a expressão das suas emoções, mesmo as mais difíceis e negativas. Ter uma conversa verdadeira e sem medo é a melhor forma de informar a criança sobre a doença e de lhe transmitir apoio e segurança. Se os pais sentirem dificuldade em falar com o seu filho sobre o cancro, poderão ser ajudados por outro familiar ou amigo para facilitar o diálogo e permitir que a criança se sinta confortável e segura.

Durante a conversa que vão ter com o filho, é importante que os pais respeitem os seus sentimentos, bem como a sua opinião sobre os factos, adoptando uma atitude de confiança e esperança relativamente ao futuro e à recuperação. Todas as questões que a criança ou o adolescente possa vir a fazer devem ser respondidas com verdade e de forma clara, para evitar interpretações dúbias sobre a situação.

Comentários