4 passos para ajudar o seu filho a deixar de chuchar no dedo

O que leva as crianças a chuchar no dedo, quando e como se deve tirar e quando deve pedir ajuda

Chuchar no dedo é um hábito relacionado com as crianças pequenas, e que está presente literalmente desde o útero. É muito comum que desde as ecografias sejam captadas imagens do feto já com este hábito! Os bebés têm desde antes do nascimento, um reflexo de sucção muito forte, sugando tudo que surge próximo à sua boca. Esse reflexo é justamente para garantir a sua sobrevivência, já que dele depende a amamentação, ou seja, a sua primeira forma de alimentação.

O normal é que esse reflexo primitivo desapareça com o tempo, mas é ele que vai decidir o verdadeiro significado. Normalmente o ato de sugar o dedo no primeiro e segundo mês de vida é puro reflexo. Depois disso a criança pode continuar com o hábito por prazer ou por ter uma sensação de acolhimento.

Porém, o grande problema é que chuchar o dedo causa diversos problemas:

Interferência no posicionamento dos dentes;

Interferência no crescimento dos ossos da face, principalmente do maxilar;

Distúrbios da fala;

O chuchar no dedo pode ser um desafio ainda mais complicado que a chucha, já que está ao alcance da criança a qualquer momento. O hábito geralmente começa por questões fisiológicas: a necessidade de a criança chuchar, que pode ser anterior até ao nascimento, e a dor e comichão na gengiva devido ao nascimento dos dentes, o que costuma ocorrer a partir dos 6 meses ou antes, em alguns casos.

Comentários