Cancro Pediátrico: Outras fases da doença

Na medida do possível, é importante que a criança mantenha as atividades que realizava antes do diagnóstico e que possa estar em contacto com os amigos e outros familiares de forma a não se sentir tão isolada e excluída do meio social onde estava inserida

Tratamento
Durante as etapas do tratamento é benéfico para a criança ou adolescente ter apoio, não só por parte da família mas também dos profissionais de saúde da unidade hospitalar (médicos, enfermeiros, assistente social, psicólogo, nutricionista) que poderão ajudar a compreender a doença e a superá-la da melhor forma.

Na medida do possível, é importante que a criança mantenha as actividades que realizava antes do diagnóstico e que possa estar em contacto com os amigos e outros familiares de forma a não se sentir tão isolada e excluída do meio social onde estava inserida.

Após o Tratamento
Com os avanços actuais da Medicina nesta área, o diagnóstico de cancro na criança já não é sinónimo de perda inevitável. Cada vez mais são conhecidos casos de sucesso e este pode, sem dúvida, ser o prognóstico do seu filho.

Agora é altura de repor o equilíbrio na sua vida familiar e ajudar a criança ou adolescente a retomar as actividades que suspendeu durante todo o período de luta contra a doença. Amigos, escola e família são marcos importantes para o seu equilíbrio e cujas relações deverá recomeçar.

A reacção das crianças é variável e os pais terão de estar preparados para o que se avizinha. Algumas crianças podem reagir de forma natural e entusiasmada no fim dos tratamentos (retomando as suas actividades com vontade e alegria), outras podem assumir uma postura mais madura para a idade (fruto das mudanças pelas quais passaram), outras podem ainda fechar-se num universo próprio (evitando o contacto com o mundo exterior). O importante é que se mantenha sempre ao lado dela no papel de pai, confidente e amigo, dando-lhe liberdade, incentivos e autonomia para prosseguir com a sua vida!

Se a criança mostrar alguma reticência nesta fase, ou os pais entenderem que ela tem dificuldades acrescidas em abrir de novo a porta ao mundo, procurar ajuda especializada pode ser vantajoso.

Comentários