"Tinha cinco anos quando o diagnóstico foi feito"

Anselmo Ralph falou sobre a sua doença numa conversa com Cristina Ferreira.

Anselmo Ralph foi o grande protagonista da entrevista com Cristina Ferreira. O cantor falou sobre alguns pormenores da sua vida, entre eles a doença de que sofre.

"Tinha cinco anos quando o diagnóstico foi feito. Não percebia a doença, só comecei a perceber aos meus 17 anos quando fui para Nova Iorque e o médico conversava diretamente comigo", afirmou Anselmo.

Apesar de saber que não tem cura, Anselmo acredita que ainda assim foi abençoado por Deus, até porque não sente dores. "É aí que acredito que entra deus. Em 100 pessoas isso é um caso", acrescenta.

Recorde-se que Anselmo sofre de uma miastenia grave, uma doença neuromuscular autoimune que causa fraqueza e fadiga anormal dos músculos voluntários. Normalmente, o primeiro sintoma da doença é a fraqueza dos músculos oculares ou das pálpebras.

A conversa estendeu-se até outros temas, entre os quais o amor. Anselmo contou que conheceu a mulher através de um amigo e porque ela era uma fã sua. Antes de se encontrarem já namoravam por mensagens há dois meses. Um pormenor curioso é que a primeira vez que a mulher viu Anselmo foi na televisão, num dos espectáculos que este fez.

Mantêm-se juntos até hoje passados 10 anos.

Anselmo ainda afirmou que gosta de manter uma certa distância em relação às fãs:

"As mulheres não atacam por atacar tem de haver alguma coisa. O orgulho da mulher é muito forte e não gostam de desdenhar. Tem de haver ali um tapete vermelho. Mas tem de ser mantida uma postura. Aqui tem uma linha da qual não se passa. Se não fizesse isso acho que hoje não estaria com a minha esposa", refere.

Outra das coisas que importuna o artista é não poder passar muito tempo com os filhos e por isso sempre que está com eles tenta compensá-los.

"Quando chego em casa mesmo cansado tento compensar. Eles preparam um banquete só para me receber. Tenho medo que eles acusem-me de não ter estado lá. Não há preço para tu não estares no dia do nascimento dos teus dois filhos, não há caché que possa pagar isso".

Anselmo garante que apesar de todos os desafios que enfrenta é muito feliz e grato por tudo o que tem.

artigo do parceiro: NM

Comentários