Sónia Brazão na mó de baixo

Sem trabalho e com um julgamento à porta, a atriz confessa-se “muito fragilizada”.

Sem trabalho e com um julgamento à porta, Sónia Brazão está a viver momentos de angústia.

A atriz, que sofreu ferimentos muito graves no episódio da explosão do seu apartamento em Algés, em junho de 2011, vai sentar-se no banco dos réus no próximo dia 5 de Março.

Sónia vai responder pela “prática de um crime de libertação de gases asfixiantes e de explosão” e arrisca-se a uma pena de prisão que pode ir até oito anos.

“Sinto uma pressão e uma incerteza muito grandes, estou muito fragilizada e é muito difícil gerir isto”, disse a atriz à revista “TV Mais”.

Para agravar a situação, Sónia está desempregada. Depois de ter participado no programa da TVI “A Tua Cara Não Me É Estranha”, andou em digressão pelo país com o musical “Eu Conheço-te”, mas as propostas profissionais cessaram.

“Como a maioria dos portugueses, estou sem trabalho. Mas quem mo vai dar agora?”, pergunta ela.

Comentários