Ronaldo ajuda Casa dos Rapazes

O jogador convenceu a Pepsi a desembolsar umas massas…

Ao mesmo tempo que aceitou as desculpas da Pepsi, que o tratou mal numa campanha publicitária por ocasião do último jogo da Seleção Nacional de Futebol contra a Suécia, Cristiano Ronaldo conseguiu convencer a marca de refrigerantes a entrar com um cheque para uma instituição portuguesa.

“Hoje é um dia em grande! Em conjunto com a Pepsi concretizámos o nosso apoio a uma causa nobre: completar o financiamento para o projeto de construção das novas instalações da Casa dos Rapazes. Com esta iniciativa, os 20 rapazes vão poder contar com uma casa nova e uma área desportiva. Um projeto conjunto que irá mudar a vida destes jovens e de todos os que forem acolhidos no futuro por esta casa”, revelou Cristiano no Facebook.

 

A Casa dos Rapazes, instituição que acolhe jovens dos 6 aos 18 anos retirados a famílias carenciadas e problemáticas, foi destruída por um incêndio em 2005 e, desde então, tem funcionado em condições muito precárias num espaço exíguo.

O espaço que Ronaldo se propõe recuperar com o financiamento da Pepsi situa-se na Parede, foi cedido pela Câmara Municipal de Cascais e será agora transformado num “verdadeiro lar”.

Um final feliz para uma polémica iniciada quando a filial da Pepsi da Suécia publicou um boneco-símbolo de Ronaldo amarrado a uma linha de comboio em véspera do jogo que Portugal disputou contra a seleção daquele país nórdico no passado dia 19 de novembro.

Comentários