Nuno Markl reage às "tendências de insultar quem apoia"

O humorista deixou uma mensagem no Facebook.

Foi a vez de Nuno Markl falar sobre as “tendências de insultar quem apoia”.

"Uma das últimas tendências no que toca a insultar quem apoia a ajuda a famílias que fogem de uma guerra, é insultar usando imagens de crianças moribundas em África. Logo para começar, é obsceno usar imagens dessas para agredir pessoas de quem se discorda; é cínico e cruel. Alguém bem intencionado faz qualquer coisa para melhorar a vida dessas crianças, não atira essas imagens como ornamento de insulto; e depois - percebam isto - quem defende que se deve ajudar refugiados da guerra não assinou um contrato de exclusividade para essa causa", escreveu na sua página de Facebook.

Na mesma publicação, Nuno falou ainda do facto de existir quem fale em “modas” quando o assunto é ajudar.

"Há anos - quando nenhuma causa estava, para usar as palavras de alguns caros preconceituosos, "na moda", eu associei-me à Helpo e criei uma linha de t-shirts do Cão Azul em que a minha percentagem das vendas seguia por inteiro para as iniciativas humanitárias dessa associação em África. Infelizmente, talvez por não haver nenhuma causa humanitária na moda, nem a moda de cascar nas causas humanitárias dos outros, não teve o impacto que merecia. Mas aos obcecados com as causas humanitárias dos outros: não percam tempo a destruir, se estão tão preocupados em que se construa. E não usem tragédias para servir a vossa agenda de ódio. É só feio e reles", acrescentou.

artigo do parceiro: NM

Comentários