Noite de broncas no “Big Brother”

Teresa Guilherme pôs Zé-Zé Camarinha de castigo e houve grande confusão nas nomeações dos primeiros candidatos à expulsão.

Hugo Sequeira, Nucha e Francisco Macau são os primeiros candidatos à expulsão do “Big Brother VIP”. Foram os mais “nomeados” pelos seus colegas na noite desta terça-feira e um deles (o que for mais votado pelos telespectadores) terá de abandonar o “reality show” da TVI já no próximo domingo.

Esta primeira sessão de nomeações decorreu em ambiente de grande confusão, com a apresentadora Teresa Guilherme a mostrar-se bastante irritada com a “falta de colaboração” dos concorrentes, que estiveram barulhentos, desorganizados e lentos na escolha das suas “vítimas”.

Quem pagou as favas foi Zé-Zé Camarinha, que passou a sessão a provocar Teresa Guilherme, dizendo que ela não deixava falar ninguém, e acabou por ser expulso da sala.

“Zé-Zé, vá para o quarto, por favor. Saia da sala!”, ordenou a apresentadora.

O “macho man” algarvio fez-se de desentendido, mas acabou por obedecer, com Joka a pegar-lhe no braço e a levá-lo dali para fora.

Teresa passou, então, ao processo de “nomeações”, começando pelos residentes da “Casa” de luxo, que foram convidados a votar em duas “vítimas”.

Com Zé-Zé Camarinha e Kelly Baron a salvo das “nomeações” – o algarvio por ser o actual “capitão” da equipa da “Casa” e a brasileira por ir fazer uma prova especial esta semana, em que irá tentar transformar-se numa “portuguesa de gema” - , o mais votado para sair foi o ator Hugo Sequeira.

Idêntico processo decorreu, de seguida, no “Barracão”, com três concorrentes salvos à partida, por decisão da produção: Flávio Furtado e Carolina Salgado, por terem sido eles a decidir o destino dos colegas na noite de estreia do programa, e Liliana Queiroz, “capitã” da equipa dos “pobres”.

Feitas as contas, a “nomeada” do “Barracão” foi a cantora Nucha, que teve mais um voto do que Francisco Macau.

E tudo teria ficado por aqui se não tivesse ocorrido uma grande bronca, descoberta já depois de Teresa Guilherme ter dado por findo o programa de nomeações em direto…

Segundo nota oficial posteriormente divulgada, uma das concorrentes (Sara Santos) “nomeou duas vezes a mesma pessoa, a Nucha, o que não é permitido”.

Não tendo sido possível “corrigir o lapso a tempo”, porque o programa estava a terminar, Sara foi chamada ao “Confessionário” para votar de novo e “corrigir o erro”.

A jovem votou, então, em Francisco Macau, que empatou com Nucha e ficou igualmente nomeado.

Tudo somado, salvou-se desta noite um raro momento de humor, protagonizado pelo concorrente Flávio Furtado. Quando Teresa Guilherme lhe perguntou qual era a sensação de tomar duches frios no “Barracão”, o cronista cor-de-rosa saiu-se com esta pérola: “Olhe, Teresa, já não tenho pilinha! Está toda encolhida, parece um caracol…”

Comentários