Naomi à caça de Fidel Castro

Contratada como repórter, a modelo luta por uma entrevista com o líder cubano.

Paga a peso de ouro pela revista britânica GQ para sacar umas entrevistas a líderes mundiais, a modelo Naomi Campbell está em La Habana, em Cuba, a tentar desesperadamente que alguém lhe abra as portas para uma conversa com Fidel. Ela chegou a meter uma "cunha" ao presidente da Venezuela, Hugo Chavez, mas Fidel, em prolongada convalescença, ainda não deu qualquer sinal.

Há nove anos, o líder cubano conversou durante hora e meia com Naomi e sua amiga Kate Moss, mas é pouco provável que a química resultante desse encontro passa vir a traduzir-se agora na concessão de uma entrevista exclusiva. O ainda presidente Fidel Castro não aparece em público há 17 meses, por motivo de doença, e é pouco provável que venha a abrir uma excepção para a repórter-manequim.

Mesmo assim, Naomi não desiste da luta e vai tecendo a sua teia. Ainda na semana passada, apareceu de surpresa em Cienfuegos, onde decorria a Cimeira PetroCaribe, sob a presidência da Raul Castro, presidente cubano em exercício, e Hugo Chavez. Andou por ali, espalhou o seu charme e (quem sabe?) até pode ser que Fidel venha a ter pena da simpática repórter-estagiária...

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários