Miguel Relvas casou-se

Ex-ministro deu o nó com Marta Sousa numa cerimónia testemunhada por 200 convidados.

O ex-ministro Miguel Relvas, de 52 anos, deu o nó com Marta Sousa, de 36, esta sexta-feira, no Convento do Beato, em Lisboa.

Assistiram à cerimónia civil duas centenas de convidados, dos mais variados quadrantes da sociedade portuguesa, incluindo uma vasta legião de políticos, entre eles Pedro Passos Coelho, Pedro Santana Lopes, Marques Mendes, Dias Loureiro e Jorge Coelho.

Depois do “sim” dos noivos, foi servido um jantar, que teve na ementa as mais diversas iguarias, designadamente lagosta e bacalhau fresco sob açorda de gambas.

Segundo fontes próximas do casal, Miguel Relvas e Marta Sousa vão partir, dentro em breve, para o Rio de Janeiro, Brasil, onde tencionam viver nos próximos anos.

Os recém-casados aproximaram-se sentimentalmente durante a campanha eleitoral de Passos Coelho para as legislativas de 2011, em que ambos participaram ativamente, ele como um dos principais estrategos e ela como assessora de comunicação.

Meses depois, em fevereiro de 2012, passaram a viver juntos num apartamento situado na zona de Belém, em Lisboa.

Chegaram a ter o casamento marcado para o passado dia 23 de março, mas cancelaram essa cerimónia poucos dias antes, quando Miguel Relvas ainda estava no Governo, aparentemente por razões políticas.

Circulou, na altura, que foi o próprio chefe do Governo, Pedro Passos Coelho, a sugerir ao seu então ministro o adiamento da boda, porque o país, mergulhado numa profunda crise, dificilmente compreenderia a “festa de arromba” que Relvas estaria a planear.

Livre de tais preocupações desde que se demitiu do Governo, Miguel Relvas pôde agora fazer a festa como muito bem entendeu.

É o segundo matrimónio do ex-ministro, que foi casado durante mais de duas décadas com Ana Paula Miranda, mãe de sua filha Filipa, de 21 anos de idade.

Comentários