Fátima Lopes usada em esquema fraudulento

Fátima Lopes usada em esquema fraudulento A apresentadora soube que o seu nome estava a ser usado para vendas agressivas e fez uma denúncia.

Um grupo de vendedores usou indevidamente o nome de Fátima Lopes, para aliciar clientes. Telefonavam para casa das pessoas a dizer que tinham ganho um prémio e convidavam-nas a irem a um escritório recebê-lo das mãos da apresentadora da SIC.

Depois de uma telespectadora se ter queixado, Fátima Lopes arregaçou as mangas e pôs-se em campo com a sua equipa para desmascarar o esquema.

"Já formalizei uma queixa por terem utilizado o meu nome. Há que denunciar. Essas pessoas não podem ficar impunes", disse a apresentadora do programa "Fátima" ao "Correio da Manhã".

O esquema é bastante simples: um vendedor liga para casa de certas pessoas, normalmente idosas, a dizer-lhes que ganharam um prémio a ser entregue pessoalmente por Fátima Lopes. Pedem que se dirijam a um escritório sozinhas e depois tentam vender-lhes todo o género de coisas. "A essa senhora (que nos contactou) tentaram vender-lhe um colchão de 6 mil euros!", conta a apresentadora.

Fátima Lopes convocou a sua equipa de reportagem e enviou ao tal escritório dois jornalistas com uma câmara oculta. Os repórteres identificaram-se como sendo familiares de uma senhora abordada telefonicamente.

"Desconfiados ao verem pessoas jovens, deram-lhes o prémio - vales para uma viagem -, mas desmentiram terem dito à compradora que eu estaria presente. À espera desses vendedores estavam polícias à paisana, que os identificaram. Depois, formalizei a queixa", explicou a apresentadora, que nem grávida de quase cinco meses consegue escapar a este tipo de aventuras.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários