Diana Chaves condenada em tribunal

A atriz apedrejou um carro e teve de pagar pesada multa.

Terminou em condenação o processo judicial em que a atriz e apresentadora Diana Chaves era acusada de ter apedrejado o carro de Amâncio Mendes, um ex-funcionário do seu companheiro, o futebolista César Peixoto.

Os juízes da Relação de Guimarães confirmaram a sentença do Tribunal de Primeira Instância e Diana teve de pagar um total e 8.414 euros, quantia que já entregou ao Estado e ao queixoso, segundo informação da Glam, agência que a representa.

O caso, agora encerrado, remonta a 23 de abril de 2011 e os juízes deram como provado que, nessa data, Diana Chaves dirigiu-se à porta da casa de Amâncio Mendes, em Guimarães, e lançou um paralelo contra o veículo que o ex-gestor pessoal de César Peixoto ali tinha estacionado, pondo-se em fuga.

Nas suas declarações públicas, Diana sempre se declarou inocente e explicou que a queixa não passava de um desejo de “vingança” da parte do sr. Mendes, que andaria em guerra com César Peixoto por causa de negócios antigos.

Seja como for, foi condenada e já pagou, pelo que o processo está oficialmente encerrado.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários