Confissões de Cristiano Ronaldo

“Foi um erro dizer que era jovem, rico e giro”, admite o jogador.

“Foi um erro dizer que era jovem, giro e rico”, reconheceu Cristiano Ronaldo numa entrevista à revista francesa “France Football”.

O jogador português reconheceu que cometeu alguns erros no passado, mas que nunca os ignorou: “Choro, rio e tenho os meus problemas, como toda a gente. Sempre que disse algo inconveniente, pedi desculpa e aprendi sempre com os meus erros”.

A viver um excelente momento, Cristiano confessa-se um homem mais tranquilo e maduro: 

“Tenho a impressão que o público me compreende melhor, que começa a perceber que trabalho muito. Prefiro que falem do que se passa em campo do que fora dele”, disse o craque.

Ronaldo falou, ainda, sobre as suas rotinas:

“Trabalho de manhã, descanso à tarde e deito-me o mais cedo possível para estar bem no dia seguinte. Geralmente levo o meu filho à escola antes das sessões de treino no Real (Madrid) e almoço com a minha mãe antes da sesta”, contou.

Na mesma entrevista, o melhor futebolista do mundo falou ainda das diferenças entre José Mourinho e o seu atual treinador, Carlo Ancelotti: “O Mourinho falava menos com os jogadores que o senhor Ancelotti, que está mais próximo”.

Comentários