Balsemão pede reforma

Patrão da SIC já meteu os papéis na Segurança Social, mas vai andar por aí…

Francisco Pinto Balsemão anunciou ontem que já meteu os papéis para a reforma, aos 75 anos de idade, mas que vai continuar a exercer as suas funções de presidente da Impresa, o grupo que detém a SIC, o jornal Expresso e uma série de revistas.

Numa carta aos colaboradores do grupo, escreve o antigo primeiro-ministro: “Aproveito para vos comunicar que, atingida há meses, a bonita idade de 75 anos, decidi pedir pela primeira vez a minha reforma à Segurança Social.”

Depois de lembrar que já poderia estar reformado há muito tempo, por ter exercido cargos públicos, ou por limite de idade (65 anos), Pinto Balsemão adianta que, mesmo assim, continuará a exercer, diariamente e com a mesma paixão”, as suas funções de presidente do grupo Impresa.

“Continuarei a ver-vos e a estar convosco nos meus gabinetes, nas salas de reuniões e nos locais de convívio (bem como nos corredores, onde sempre gostei de praticar o ‘management by wandering’) de Sales e de Carnaxide, e também de Matosinhos” – garante Balsemão aos colaboradores.

O patrão da Impresa, que em outubro de 2012 passou a pasta das funções executivas para Pedro Norton, termina a sua mensagem referindo que, mesmo reformado, não abdicará de “ter a última palavra”, mas “só quando tal se justifique”.
LUCROS EM 2012

Segundo dados oficiais ontem divulgados, o grupo Impresa fechou o ano de 2012 com um lucro de 1,3 milhões de euros (mais 1 milhão e 113 mil euros do que no exercício anterior).

De referir, no entanto, que o resultado líquido de 2012 exclui custos reestruturação e custos associados a imparidades.

Sem tal ajustamento, o resultado líquido da Impresa no ano passado seria de 4,8 milhões de euros negativos.

Comentários