Atores dão a cara pela prevenção do cancro de cabeça e pescoço

Em Portugal, surgem cerca de três mil novos casos de cancro de cabeça e pescoço todos os anos, sendo que mais de metade destes doentes fica sem voz de forma temporária ou permanente.

Os atores Ruy de Carvalho, Pedro Lima e Mafalda Luís de Castro deram a cara para perguntar aos portugueses: “Já imaginou como seria se não pudesse falar? E se não conseguisse comer?”.

Este é o mote da campanha Make Sense sob o lema ‘Uniting Voices’ (unindo vozes), enquadrada na Semana Europeia de Sensibilização para o Cancro de Cabeça e Pescoço, que este ano se realiza entre os dias 21 e 25 de setembro, com a participação de vários países da Europa.

“Anualmente são diagnosticados cerca de 3.000 novos casos no nosso país. Contudo, o diagnóstico e o tratamento numa fase inicial permite aos doentes uma taxa de sobrevivência entre os 80 e os 90%”, explica Ana Castro, Presidente do Grupo de Estudos do Cancro de Cabeça e Pescoço, num comunicado enviado às redações.

Mais de 3.000 jogadores e 314 árbitros de futebol também se juntaram a esta causa e vão usar t-shirts alusivas à campanha nos próximos jogos.

Durante o dérbi FC Porto-Benfica (no Estádio do Dragão, no domingo) e no Sporting-Nacional (no Estádio José Alvalade, na segunda-feira) será transmitido um spot de sensibilização que conta com a participação de Ruy de Carvalho, Pedro Lima e Mafalda Luís de Castro.

artigo do parceiro: NM

Comentários