Ana Guiomar fã de Salazar

Depois de interpretar o papel de Maria, governanta de Salazar, a jovem actriz mudou de ideias sobre o velho ditador.

Bastaram dois dias na pele de Maria, governanta de Salazar, para Ana Guiomar se convencer que, afinal, o velho ditador "era boa pessoa".

Na nova minisérie da SIC, "A Vida Privada de Salazar", a actriz interpretará o papel da jovem empregada que um dia foi servir o governante e que acabaria por acompanhar até ao fim da vida, nutrindo por ele uma paixão não correspondida.

Viver a história de Maria fez com que Ana Guiomar mudasse de opinião quanto a Salazar: "Depois de ter lido tanto para preparar esta personagem e depois da gravação das minhas cenas, acabei por descobrir a faceta humana e romântica do Salazar. Acho que, no fundo, ele era boa pessoa", realça a actriz.

Ana Guiomar, de 19 anos, já tinha vivido a época do Estado Novo de um outro ponto de vista. Na série "Conta-me como foi", da RTP, a actriz interpretou o papel de uma estudante revolucionária que queria ver Salazar longe do poder.

"Quando fiz o `Conta-me´ era totalmente contra o Salazar. Imaginava como deveria ter sido horrível viver naquela altura. Mas agora, a minha opinião mudou. Ando num tal turbilhão de sentimentos, que ainda não me decidi sobre o que devo pensar deste homem...", confessou-nos a actriz.

Ana Guiomar vai interpretar os primeiros anos em que Maria esteve a trabalhar na casa de Salazar. "Como ela nunca passou de empregada, manteve sempre um fascínio por aquele homem. Para ela, o Salazar era quase uma religião", revela a actriz.

A nova aposta da SIC na ficção contará com dois episódios de 90 minutos cada e irá para o ar em dois dias seguidos a seguir ao Verão. O objectivo do canal e da Valentim de Carvalho Filmes é, mais tarde, adaptar o trabalho para as salas de cinema.

artigo do parceiro: Top Fama

Comentários