Maria João Bastos: "Esta linha de maquilhagem não é testada em animais"

Em Portugal por um mês, a atriz acaba de lançar a nova coleção deste projeto pessoal, resultado da parceria com a Make Up Factory.

Maria João Bastos lançou esta quinta-feira, dia 4, a sua segunda linha de maquilhagem juntamente com a Make Up Factory, uma parceria que nasceu no ano passado.

O Fama ao Minuto esteve presente e, em conversa com os jornalistas presentes, a atriz explicou que na primeira coleção quis dar um “bocadinho de si através da maquilhagem que usa de dia e de noite”. Já nesta linha, uma vez que atualmente reside no Rio de Janeiro, fez questão de se “inspirar” na cidade brasileira.

Uma coleção que foi totalmente escolhida pela artista e que já está à venda na Perfumes & Companhia.

Em que se inspirou nesta nova linha de maquilhagem?

Os produtos foram todos inspirados em algum lugar do Rio de Janeiro ou em algum momento vivido lá. Inspirei-me nessa cidade não só para a homenagear como, de facto, é uma cidade que faz parte da minha vida já há muito tempo. É um bocadinho de mim que quis trazer para o público português e um bocadinho do Rio também.

Vai haver novas linhas de maquilhagem?

Há mais duas coleções, pelo menos. A de inverno já está toda escolhida. A de verão ainda não, ainda tenho que pensar nisso.

Uma vez que é defensora dos animais e esta linha não é testada em animais, o que tem a dizer sobre as novas obrigações legais?

Esta linha não é testada em animais porque isso para mim foi fundamental na criação desta minha coleção. Fico muito feliz. Acho que é um avanço para a sociedade. É um primeiro passo muito importante de uma caminhada muito longa e no que depender de mim vou continuar a lutar pelos direitos deles.

Quais são os seus truques ou segredos de beleza?

Limpar sempre a pele antes de dormir, hidratar muito bem e não sair de casa sem máscara e blush.

Consegue sair de casa de 'cara lavada'?

Consigo, mas um truque que eu acho que é diário e que mantém um ar natural, não é com base nem com nada, é só um blush e uma máscara e já faz toda a diferença. Mas há muitas vezes que saiu sem estar maquilhada, mas cada vez menos. Cada vez mais está a entrar dentro do meu ritual diário acabar de hidratar e colocar máscara e blush.

A maquilhagem que usa em Portugal é diferente da que usa no Brasil?

Eu quando chego lá, até mesmo a forma de vestir é outra. O clima é outro, as pessoas andam de outra forma, e a maquilhagem também acaba por ser um bocadinho diferente da maquilhagem que uso aqui. Lá, durante o dia, é muito mais o rimel à prova de água, o pó bronzeador é para dar o tom bronzeado que eu não me queimo muito na praia, e também não posso a nível profissional e cada vez tenho mais cuidado com a pele. Para dar o toque a parecer que estou com grande bronze. Tudo foi pensado para recriar o bronzeado de lá. Durante o dia [a maquilhagem lá] é mais levezinha. Quer dizer, aqui também não uso muito maquilhagem durante o dia. Sempre tons nudes, acastanhados...”

A maquilhagem contribui para a autoestima da mulher?

Claro que pode aumentar muito, graças a Deus, e ainda bem. É por isso que eu incentivo e também acho que todas as mulheres devem-se maquilhar para elas, cada uma com a intensidade que gosta . Não é o resultado, é o efeito de cuidarmos de nós próprias. Aquele momento do dia que cada mulher tem cuidado consigo própria. Isso é que ajuda na autoestima e isso é que nos faz sentir bem. Termos esse tempinho para nós e cuidarmos de nós. Depois o resultado é mais para nós do que para os outros.

artigo do parceiro: NM

Comentários