Kelly Osbourne revela os seus segredos

A coapresentadora do Fashion Police falou do seu trabalho e do seu talento na cozinha

Kelly Osbourne é atriz, cantora, designer de moda e bailarina nos tempos livres. Saltou para o mundo do estrelato depois de aparecer no reality show “The Osbournes” com a sua familia.

Sempre teve problemas de peso e autoestima mas conseguiu recuperar a autoconfiança depois de participar no programa Dancing With The Stars. O seu companheiro de dança Louis Van Amstel ensinou-a a comer de maneira saudável e encorajou-a a fazer exercício regularmente. Perdeu quase 30 kgs.

Hoje, com 28 anos, é uma conhecida crítica de moda e coapresentadora do programa "Fashion Police" no canal "E!".

É muito crítica em relação ao que veste quando sai de casa?

Nem por isso, e nem falo das outras pessoas. Penso sempre no que diria aos meus amigos se eles me perguntassem se aquela roupa lhes fica bem. Eu seria honesta. Se uma amiga perguntasse se aquele vestido a fazia mais gorda, eu responderia que não a favorece ou que há vestidos mais adequados.


Alguma vez a abordaram e lhe disseram: “Não acredito que tenha dito aquilo sobre mim”

Vou-lhe dar um exemplo - e vou falar no plural porque faço parte de um grupo de apresentadores que faz o programa no E!. Honestamente todos temos um pouco de inveja da Leah Michelle e da maneira como ela anda na passadeira vermelha, porque nenhum de nós o sabe fazer. Estávamos no “Do Something VH1 Awards”, e a Leah aproximou-se de mim. Eu pensei “será que agora vou ter de entrar numa discussão?”. Ela disse: “Oh meu deus! Eu adoro o vosso programa! Quero participar! Quero vos ensinar a pousar!”. Eu fiquei espantada e disse “eu adoro-a! pensei que esta iria ser a minha primeira discussão por causa do Fashion Police”. A Leah respondeu logo “não, eu adoro!!” E eu disse “muito obrigada! É por isto que tem tanto sucesso em Hollywood, porque tem sentido de humor sobre si mesma”. Então agora estamos a tentar, secretamente, colocá-la no nosso programa sem que a Joan saiba, para que a Leah entre enquanto a Joan está a falar dela. Não é fácil! A Joan é tão rápida que é difícil esconder-lhe coisas.

Já a vimos com um hula hoop. É esse o seu segredo para manter a forma?

Não é um segredo, é só algo que ando a experimentar para um trabalho que vou fazer.

E como está a correr?

Eu adoro! 5 minutos de manhã e 5 minutos à noite vão dar-lhe aquela silhueta de ampulheta que pretende.

Frequenta muitas festas e lá há muitas tentações, como comida e bebida.

Não gosto muito de buffets de comida porque as pessoas respiram lá para cima. Eu não lhes toco. Devem ter cozinhado aquilo de manhã então esteve a apanhar ar o dia todo. No caminho para casa logo paro num drive in (risos).


Qual o seu restaurante take away favorito? Onde pararia para comer?

Bem isso depende de onde estou. Se estiver nos Globos de Ouro, paro no meu restaurante chinês favorito e levo uma salada de frango chinesa. Se estiver na baixa de Los Angeles vamos a um japonês comer sushi e sopa miso.

Isso é boa comida!

É a vantagem de viver na Califórnia, há restaurantes muito bons que servem comida para levar.

O que cozinharia se quisesse impressionar o seu namorado?

Só há uma coisa que consigo fazer melhor que ele, é uma sopa de abóbora vegan. Faço uma grande panela de sopa sempre que quero comer uma coisa leve durante a semana, e dá para repetir várias vezes. Basicamente, é um caldo de legumes, porque a comida vegan não leva manteiga nem leite, com um pouco de sal, leite de coco, abóbora, uma batata, uma cebola e misturamos tudo.

O que é que nunca falta no seu frigorífico?

O meu namorado e eu fazemos sempre sopa porque é uma boa maneira de consumir legumes. A noite passada fizemos um risoto bem saudável que estava delicioso. Preferimos cozinhar porque assim estamos a mexer o corpo sem nos apercebermos, podemos confecionar coisas mais saudáveis e sabemos exatamente o que estamos a comer. Já me aconteceu comer coisas com Glutamato Mossódico (um aditivo colocado no alimentos para realçar o seu sabor que se pode encontrar, por exemplo, no caldo Knorr), que me provocou dores de cabeça horríveis. Agora pergunto sempre se cozinham com isso.

12 de fevereiro de 2013

Comentários