«Aprendi a aceitar-me mais»

Aos 30 anos, a cantora Aurea, uma das mentoras do programa de televisão «The Voice Portugal», vive um momento tranquilo. Depois de uma pausa, vai começar a gravar um novo disco.

Muitas das inseguranças que assumia ter no passado ficaram para trás. «Sinto que alguma coisa mudou, sim [desde o ano passado]. Acho que aprendi a aceitar-me mais. Fiz as pazes comigo. Isso é uma diferença muito interessante porque, realmente, aconteceu», assume a cantora Aurea, uma das mentoras do programa de televisão «The Voice Portugal», em entrevista à edição número 2018 da revista TV Guia.

«Se [ainda em 2016] era uma mulher insegura, neste momento estou muito mais em paz, calma, tranquila, a aproveitar tudo como deve ser e a ser a pessoa que sou, sem preconceitos nem medos de mostrar a forma como penso e a maneira como sou», admite a intérprete de êxitos como «Scratch my back» e «I didn't mean it», para quem a preservação da vida íntima sempre foi uma prioridade.

«Sempre fui uma pessoa reservada, mesmo antes de começar a cantar», assegura Aurea. «Gosto de manter a minha vida pessoal fechada num cantinho», revela. «Na parte profissional, aí sim, sou um livro aberto e podem saber tudo e mais alguma coisa», acrescenta. Apesar de se procurar resguardar, não deixa, contudo, de fazer uma confissão. «Não tenho namorado. Estou solteiríssima já há algum tempo», diz.

artigo do parceiro:

Comentários