"A coloração pode realmente mudar alguém por completo e reduzir o peso dos anos"

Josh Wood, diretor criativo global para coloração da Wella, conta em entrevista vários truques e tendências de cor

Em que se inspira para os novos lançamentos da marca?

Esta é uma área que me dá imenso prazer trabalhar. Sempre me guiei pela tecnologia, mas muito frequentemente explico os looks que crio na passerele ou no meu Atelier (Josh Wood Atelier), uma vez que considero que só assim os cientistas podem desenvolver e ajustar a inovação aos seus planos.

Como gerir a dualidade entre o criativo vs o prático?

O processo de coloração tem de ser ajustado ao que o cliente pretende e, por vezes, temos que adaptar as regras para atingirmos o resultado final necessário, especialmente se estamos a trabalhar em produções de cinema ou de vídeos de música. Adequação é o nome do jogo - tudo o resto é uma forma para ajudar a chegar lá.

Quais são as principais tendências de cor para a próxima estação?

Nesta primavera/verão há claramente dois campos de atuação: ou arrojado e brilhante, jogando com as cores primárias, ou uma referência de uma cor, mas que é quase inexistente. Um look marcado e orgulhoso e outro de aspeto frágil e clean.

No mês de Dezembro saiu a nova cor Pantone para 2014: Radiant Orchid! O que acha de dar um toque mais edgy e usar cores fortes no cabelo?

Tenho vindo a utilizar cores fortes há muito tempo – basta olhar para a palete de Prada que criei para a primavera/verão. Considero que o novo Pantone é ótimo, mas aquilo que me transmite é mais no sentido de avançar de divertir-me com a cor; experimentar em vez de pintar o cabelo de roxo.

O ombré é uma das tendências que transita do verão! Como fazer uma pequena mudança para adequá-la ao inverno?

Dando-lhe mais calor, mais força, e tornando-o num look menos esbatido. O fator mais importante é que tenha um aspeto premium e hidratado.

As mulheres têm sempre problemas com os tons que as favorecem... Nesse sentido quais os melhores tons para peles mais claras, médias e escuras?

Esta é uma questão que se coloca regularmente e, de fato não há uma resposta linear... a escolha da coloração ideal depende do tom de pele e da cor de olhos da pessoa, mas como orientação: uma tez avermelhada ou quente deve evitar a escolha de tons demasiado quentes, deverá optar por tons um pouco mais frios. Já os tons de pele azeitona podem usar tons um pouco mais quentes, mas evitando os amarelados ou alaranjados, e as peles mais pálidas podem variar mais, mas quanto maior for o contraste entre a pele e o cabelo mais pálido irá ficar o rosto.

Quais os cuidados que as mulheres devem ter em casa após a coloração?

Aconselhem-se sempre com o cabeleireiro, mas usem produtos que protejam a cor, pois é extremamente importante manter o cabelo pintado bem hidratado.

Qual a idade aconselhada para a 1ª coloração?

Bem, essa é a grande questão. Já pintei o cabelo de crianças de 10 anos, mas para trabalhos de cinema. Eu penso que a maioria das pessoas começa a fazer as suas primeiras experiências com a imagem por volta dos 15-16 anos, mas aconselho a que façam sempre a coloração com um profissional, em vez de o fazerem sozinhas.

Quais os benefícios que as celebridades mais procuram com a coloração?

Vão desde uma mudança de imagem radical a um ligeiro aperfeiçoamento – cada caso é um caso. A coloração pode realmente mudar alguém por completo, e através de pequenas mudanças subtis também pode reduzir o peso dos anos.

Wella lançou este ano Color i.d. - quais as principais vantagens para a mulher dos dias de hoje?

É uma combinação de cores totalmente harmoniosa, com efeitos mais naturais e menos tempo na cadeira do salão.

artigo do parceiro:

Comentários