Mercado Medieval de Óbidos celebra fundação do concelho no séc. XII

Até 04 de agosto, é possível trajar e fazer refeições semelhantes às daquela época

Considerado um dos mais emblemáticos eventos de recriação histórica e animação do país, o Mercado Medieval de Óbidos está aberto de 11 de julho a 04 de agosto, tendo como tema este ano “Da Conquista (1148) ao Foral (1195)”.

Aberto à tarde e noite, os visitantes poderão experienciar a vida que se vivia na vila no século XII. É possível alugar trajes e fazer refeições semelhantes às daquela época, envolvidos em muita música e espetáculos medievais, onde se incluem, por exemplo, torneios de armas e um assalto ao castelo.

O tema do Mercado Medieval de Óbidos 2013 centra-se na história de Óbidos, abrangendo o ultimo século de permanência muçulmana, seguindo-se o período imediatamente anterior à Reconquista e à própria conquista de Óbidos aos mouros. Pretende-se dar a conhecer a fundação do concelho de Óbidos enquanto território cristão recém-conquistado, terminando na primeira carta de Foral de D. Sancho I, em 1195. Embora D. Afonso I seja o monarca a quem se atribui a conquista de Óbidos, bem como as primeiras obras de reforço e aumento das muralhas, o primeiro rei de Portugal a deixar marcas organizativas no novo concelho foi D. Sancho I. Em finais do século XII, já o concelho de Óbidos se encontrava constituído, mesmo do ponto de vista administrativo.

É muito provável que seja também do mesmo reinado o primeiro foral outorgado aos obidenses e cujo rasto há muito se perdeu. Um dos indícios mais prementes é constituído pelo prólogo ou título do Foral reformado que D. Manuel I concedeu à vila em 1513, que se enuncia como “Foral da villa d obidos Per El Rey Dom Sancho”, que celebra 500 anos do seu outorgamento.

Mais informações em http://www.mercadomedievalobidos.pt/

Comentários