Passatempo OS IMPROVÁVEIS | A FÁBRICA

Em outubro e novembro, renda-se a um espectáculo 100% Improvável onde o divertimento é 100% garantido.

Os vencedores deste passatempo são:

  • Teresa Maria Dias Rodrigues Ferreira
  • Ana Catarina Ramos

Memoráveis e irrepetíveis! São assim as noites com Marta Borges, Pedro Borges e Telmo Ramalho, o elenco de actores profissionais, especializados em Teatro de Improviso, responsável por reinventar cada espectáculo através de cenas para as quais não está preparado!

Participe nesta linha de montagem, dando ideias e sugestões aos actores para se criarem as cenas mais Improváveis. Mas, atenção: esta é a última oportunidade de fazer parte desta Fábrica de improviso!

M/16

A UAU e o SAPO têm para oferecer 2 convites duplos para Os Improváveis | A Fábrica para o dia 6 de Outubro no Auditório dos Oceanos, do Casino Lisboa, às 21h30.

Para participar tem de:

  • Partilhe connosco a história mais improvável que já viveu (máximo 500 caracteres)
  • Responder à pergunta: Qual é o nome da única rapariga do grupo?

Escreva-nos para comunicacao@uau.pt

Atenção: o seu e-mail deverá conter o assunto “Passatempo Os Improváveis – Casino Lisboa”. A não inclusão deste assunto será motivo de desclassificação. Deverá também incluir nome completo, nº de BI e contacto telefónico.

Este Passatempo é válido até ao 12h do dia 5 de outubro.

Para levantarem os convites, os premiados deverão apresentar o BI, ou outro documento identificativo, na bilheteira do Casino Lisboa.

ATENÇÃO: Só é aceite uma resposta válida por endereço de e-mail e por concorrente, pelo que não adianta responder ao passatempo mais do que uma vez.

Partimos do princípio que todos os participantes dos nossos passatempos querem mesmo usufruir dos seus prémios, pelo que, excepto em casos de força maior, atempadamente comunicados através do e-mail comunicacao@uau.pt, contamos com a presença de todos os premiados.

Concorra apenas se tem a certeza que pode estar presente.

Reservamo-nos o direito de excluir de futuros passatempos todos os que não procederem desta forma.

Comentários