Alunos criam projetos de turismo entre Entroncamento e Salamanca

A 2.ª edição do "Tourism Train Experiences" junta 268 alunos de seis escolas e universidades que vão criar projetos turísticos para diferentes regiões, seguindo a linha do comboio, entre o Entroncamento e Salamanca, em Espanha.

A iniciativa, da responsabilidade da Escola de Turismo, Desporto e Hospitalidade da Universidade Europeia (ETDH), desafia os alunos das diferentes instituições a pensarem em projetos turísticos para cinco regiões, tendo como "paragens" da linha ferroviária o Entroncamento, Coimbra, Santa Comba Dão, Almeida, Ciudad Rodrigo e Salamanca, explanou a reitora da ETDH, Antónia Correia.

Os alunos, que estarão divididos em grupos de três a quatro pessoas, deverão apresentar projetos em torno do turismo militar, ferroviário, cultural, gastronómico e universitário, contando com a disponibilidade das autarquias e outras entidades associadas para apoiar no desenvolvimento das ideias, referiu a responsável, que falava durante a apresentação do projeto, no Convento São Francisco, em Coimbra.

A iniciativa conta com alunos da Universidade de Coimbra, Universidade de Salamanca, Instituto Politécnico da Guarda e as escolas de turismo da Universidade Europeia do Douro-Lamego e de Coimbra.

Projetos para potenciar regiões

Ao todo, poderão ser apresentados "quase 100 projetos" que potenciem cada uma das cidades ou área de influência dos pontos de paragem, disse à agência Lusa Antónia Correia. Os projetos começam a ser desenvolvidos entre hoje e 16 de janeiro, sendo que no final desse mês os trabalhos dos alunos serão avaliados por uma comissão científica.

Entre 05 e 07 de fevereiro, é realizada a avaliação final dos projetos, que serão depois apresentados numa viagem de comboio entre o Entroncamento e Almeida, a 17 e 18 desse mês.

Posteriormente, os melhores projetos serão apoiados por incubadoras presentes "na área de influência do projeto", bem como por outras entidades locais, nomeadamente autarquias, que poderão "apadrinhar" iniciativas dos alunos, independentemente do veredicto do júri, aclarou.

Os melhores têm ainda a oportunidade de apresentar os projetos na Feira Internacional de Turismo (BTL). A iniciativa, que tem o apoio do Turismo de Portugal e da CP (Comboios de Portugal), foi desenvolvida pela primeira vez apenas com alunos da ETDH, focada na altura na Beira Baixa.

O "Tourismo Train Experiences" pretende que os alunos valorizem recursos de cada um dos territórios, inovando e cocriando "produtos turísticos capazes de atrair novos públicos", ao mesmo tempo que procuram revitalizar o turismo ferroviário.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários