Está a usar muito detergente?

Saiba como utilizar e otimizar o detergente da máquina de lavar roupa e se está a desperdiçar produto e dinheiro.

A expressão “o barato sai caro” pode muito bem ser aplicado aquando a escolha de um detergente, já para não falar da má utilização do mesmo. Para além de poder estar a deitar dinheiro fora, a sua roupa irá ressentir-se com o tempo e a máquina também. Leia algumas das dicas para contornar estas questões:

Não usar detergente em excesso – além do desperdício de dinheiro e resíduos na roupa, a longo prazo a sua máquina vai apresentar danos, por isso não coloque detergente à toa para a máquina.

Verificar as dosagens – são diferentes consoante o detergente que opte, mas a informação costuma vir na embalagem ou então no copo doseador e não é conveniente descurar essas diretrizes. Não obstante, também deverá ter em conta a capacidade da máquina. Para uma maior eficiência e média pode reger-se por estas medidas: detergente em para uma máquina de 8kg – 100 a 120ml, detergente em pó para uma máquina de 6kg - cerca de 80ml, detergente líquido diluído – 10ml por cada kg e finalmente, detergente líquido concentrado – 5ml por cada kg.
Se verificar espuma em excesso na máquina é claramente um sinal de excesso, o que a médio-longo prazo irá arruinar a sua máquina.

Escolher o detergente - o detergente líquido é preferível ao em pó, no caso das máquinas de lavar, e será melhor usar um doseador dentro do tambor. Ao escolher um detergente deve ter em conta o que melhor funciona com a sua máquina, isto é, há máquinas regulares, as de alta eficiência, etc... é conveniente usar o mais adequado.

A água -  também é um condicionador, isto é, se vive numa zona cuja água é mais dura, por exemplo, deverá usar um pouco mais de detergente, mas esta informação está presente nas embalagens.

Verifique a roupa depois de a lavar – se a mesma apresentar alguma rigidez ou cobertas com resquícios de sabão é porque está a usar detergente a mais.

artigo do parceiro:

Comentários