Sentido: o dom de Sagitário

Qual é o sentido maior da sua vida?

Qual é o “quadro global”, a grande visão, a visão unificadora que atribui qualidade, sentido e significado ao conjunto de peças que compõem a sinfonia - ou cacofonia - de gestos, pensamentos, acções, sentimentos, reacções, investimentos, escolhas, e experiências diárias, momento a momento, dia a dia, ano após ano? E de que maneira se integram ou encaixam estas no “quadro maior” da sua própria vida?

No fundo: qual é o sentido da sua vida? Sabe, honestamente, responder? É claro para si qual é esse sentido para si? Qual é a visão unificadora que confere qualidade, sentido e significado à sua vida?

Sentido não significa aqui explicação, mas direcção – ou melhor dito, direccionamento.

Não se trata de discorrer intelectualmente sobre os comos ou os porquês, improvisar - ou insistir em - explicações, fazer atribuições de culpa ou inventar justificações.

Trata-se, sim, de ter uma visão clara do caminho que vale a pena seguir.

Para onde está a crescer? Em direcção a quê? Para onde se quer expandir? O que vale para si a pena fazer crescer, aumentar, multiplicar na sua vida? Em que é que vale a pena apostar?

Em que é que acredita, faz fé, o que o Orienta - em suma?

O Dom do Sentido consiste nesta capacidade de questionamento honesto relativamente à qualidade fundamental das suas escolhas, e a relação delas com as suas convicções e crenças mais profundas.

Veja na próxima página a continuação do artigo

Comentários