Numerologia

A Numerologia é uma ciência muito antiga. As suas origens são desconhecidas, mas devemos muito do nosso conhecimento actual ao sábio grego Pitágoras, matemático e filósofo, palavra que significa “amigo do saber”.

Pitágoras nasceu por volta de 582 a.C. na ilha de Samos, ao largo do mar Egeu. Viajou pelo mundo conhecido da sua época, tendo estado no Egipto onde aprendeu aritmética, geometria e astronomia, na Babilónia e na Pérsia, onde aprofundou os seus conhecimentos.

Finalmente, acabou por se estabelecer no sul da Itália, onde criou uma Escola que administrava juntamente com a sua mulher Teano, considerada a primeira mulher matemática. Uma das matérias estudadas nessa Escola era a interpretação dos números, quer no seu lado racional quer no místico.

A filosofia aristotélica e o primado da razão lógica afastaram-nos da mística dos números, reduzindo-os a medidas abstractas do mundo da matéria. Esta é a sua utilização quantitativa.

Porém, o lado místico dos Números nunca se perdeu completamente, tendo chegado aos nossos dias, e assim a Numerologia estuda o lado qualitativo dos números.

Para aqueles que gostam de ver tudo com um significado mais profundo e que não se contentam com as limitações do mundo material, a Numerologia propõe descobertas apaixonantes, que permitem empreender profundas viagens interiores, ajudando ao auto conhecimento e a um melhor entendimento dos outros e de tudo o que nos rodeia.

Com a Numerologia não se faz adivinhação nem vidência; ela chama a atenção, orienta e explica. Não determina, não condena, nem julga.

Veja na página seguinte: O Significado genérico dos números:

O que procura?

Comentários