Mercúrio retrógrado: período de introspecção e reavaliação

Depois da última passagem em janeiro, Mercúrio volta a convidar-nos para um período de introspecção e reavaliação, entre 31 de agosto e 22 de setembro

Na mitologia grega, Mercúrio ou Hermes era considerado o mensageiro dos deuses do Olimpo. As suas características sandálias aladas simbolizam a aptidão para os deslocamentos rápidos. Era dotado de inteligência ardilosa, sagaz e muito hábil para o comércio e os negócios em geral, e por isso tornou-se o símbolo universal da inteligência, versatilidade e grande capacidade de aprender rapidamente.

Na astrologia, Mercúrio é o regente dos signos de Gémeos e Virgem. Através de Gémeos revela os dotes na área da comunicação e, através de Virgem a revela a inteligência analítica e discriminativa.

Tomando consciência destas funções de Mercúrio, podemos reflectir como será a sua influência ao nível retrógrado.

Pois bem, quando os planetas ficam retrógrados significa que começam a andar para trás no Zodíaco, mas apenas na perspetiva da vista a partir da Terra, porque na realidade eles continuam a orbitar em torno do Sol no mesmo sentido.

Sendo o significado de retrógrado: ”Aquele que se opõe ao progresso; contrário ao que é novo; aquele que é conservador“ podemos concluir que no período retrógrado de Mercúrio há uma necessidade de comunicar, aprender, discriminar, analisar e gerir o comércio de uma maneira mais introspectiva, manual, criativa, meditativa e “arcaica”. Com isto e sendo desta vez em Virgem, surge a necessidade de reavaliar, restruturar e rever rotinas, serviços (nossos ou que usamos de outros ), colegas, como também métodos e técnicas ligados ao trabalho e á nossa saúde e desenvolvimento pessoal.

Sugestões:
- Evitar rotinas e hábitos que não estejam alinhados com o seu propósito;

- Criticar menos e servir mais;

- Reavaliar técnicas e métodos que tenham ficado pendentes ou arquivadas no passado;

- Rever antigos serviços e colegas que deixou para trás e que possam de certa maneira ajudá-lo a simplificar a vida como a aperfeiçoar-se;

- Comunicar de uma maneira presencial, pratica e funcional em vez de ser via facebook, skipe ou telefone;

- Desintoxicar “ sistemas “ e “órgãos” que possam precisar de limpeza, usando a alimentação, como também a capacidade de análise e descriminação simplificando a nossa rotina diária de coisas desnecessárias.

- Criar novas rotinas salutares para o seu funcionamento diário.

Use este período para:
- Deslocar-se mais de um modo natural como por exemplo, a pé, de bicicleta ou a cavalo;

- Observar os seus padrões de pensamento e de serviço com a intenção de fazer uma auto-análise construtiva;

- Esforçar-se por ser o mais claro e sucinto possível, porque durante este período há uma maior tendência para “mal entendidos”;

- Se viajar, estar atento, a desenvolver a paciência e tolerância, pois poderá haver greves, atrasos ou mudanças. Adapte-se e reveja a verdadeira intenção dessa viagem;

- Purificar e a simplificar a sua vida;

- Se possível, deixar grandes decisões ou acordos que sejam novos, isto é que não sejam coisas pendentes do passado, para depois de 22 de setembro.

Ao fazer isto poderá evitar:
- Sentir-se pesado e cansado
- Ficar confuso e com dificuldade em memorizar e aprender
- Ficar irritado com atrasos no seu trabalho e respostas externas
- Ter desafios com o seu carro, telemóvel e computador
- Criar mal-entendidos e ser excessivamente critico e seco
- Problemas de saúde

Prevenindo-se, conseguirá facilmente tomar consciência da importância de:
- Melhorar serviços e técnicas
- Ser menos dependente dos meios de comunicação e transporte modernos
- Valorizar o retomar e rever contactos e métodos antigos
- Fazer um processo de purificação a todos os níveis

Se sentir o apelo e necessidade de aprofundar, clarificar e descodificar esta questão, já sabe, veja a “Consulta - Faça a sua pergunta “ e poderá saber o efeito deste trânsito no seu mapa ,especificamente só para si!

Filipa Andersen

Site: filipaandersen.com

email: geral@filipaandersen.com

artigo do parceiro:

O que procura?

Comentários