Ano Pessoal 7 em 2014

por Eva Veigas

“Existe uma diferença entre o isolamento, a reclusão e o estado de profunda solidão. O homem interiormente solitário não ergue paredes para se proteger, não dispõe obstáculos entre si e os outros. Permanece sozinho dentro de si mesmo, isto é, liberto dos constrangimentos, das ideias feitas, e das diferentes opiniões que atravancam o espírito.” Sabedoria Ameríndia

Combinação do Ano Pessoal 7 com o regente 7 em 2014

7 – 7

Esta tanto pode ser uma combinação difícil como a simbiose perfeita. As energias do ano pessoal e do ano universal são as mesmas. Cada um viverá estas frequências de acordo com as suas necessidades evolutivas.

O ano será tanto mais difícil quanto mais nos deixarmos arrastar pela mente e pelo isolamento que o 7 promove, o que se traduz em peso e num grau de exigência e perfeccionismo que colabora para transformar este ano pessoal num ano extremamente difícil.

No entanto, há que recordar que cada um de nós, pode trabalhar com a energia na polaridade inversa e a cada momento essa é uma escolha. Só temos que permanecer atentos ao que se passa dentro do nosso coração. Um pensamento claro e ideias assentes em princípios e valores elevados permitirão extrair, juntamente com as nossas emoções bem vividas, o melhor de nós, revelando assim a nossa essência, que não é mais do que a verdadeira vibração que irradiamos a partir do nosso coração amoroso que acolhe a nossa parte divina.

Lado Luz do 7

O lado luz do 7 indica que se tratará de um ano especialmente benéfico em termos de equilíbrio interno. As nossas habilidades psíquicas estarão em alta. A nossa capacidade para articular os pensamentos tornar-nos á embaixadores da razão, do pensamento claro e das ideias definidas.

Num ano com este tipo de frequência, poderemos acordar para a nossa espiritualidade e com esse despertar muita informação sobrevirá. Podemos recebê-la através dos sonhos, de insights, da meditação, enfim, sempre que nos encontremos em estados alterados de consciência, estaremos mais recetivos e disponíveis para acolher informação importante para o nosso desenvolvimento pessoal.

A forma como a usaremos será da nossa inteira responsabilidade. Poderemos pedir ajuda e conselho num momento, para logo no momento seguinte sermos nós os conselheiros ou os detentores de um qualquer ensinamento importante para o outro, nesse “aqui e agora”.

Nesta frequência somos mestres e aprendizes a cada instante. Estamos alinhados com as aprendizagens desde as mais insignificantes às mais profundas. Tiraremos conclusões e faremos sínteses rapidamente, sem julgamentos nem apegos à experiência.

Veja na próxima página a continuação das previsões para 2014

Comentários