O Labirinto dos relacionamentos

Existem casos que nos marcam a memória, o pensamento e a alma, existem relacionamentos que seguem o caminho de rumo à felicidade assim como outros à destruição.

Vamos falar de amor? Não é minha intenção fazer demagogia sobre a melhor forma de amar. Nem tão pouco abordar os relacionamentos do ponto de vista científico, doutrinal, ou baseado em modas e conjunturas da nova sociedade.

Irei abordar os relacionamentos das pessoas no seu quotidiano, em casa, na rua, no trabalho, em suma, na vida de cada um.

Uns serão relacionamentos que nos apraz ouvir, ler, sentir e que têm um valor inestimável. Outros passam por um prisma onde não existem valores necessários e básicos entre as pessoas.

Eu costumo dizer a todos aqueles que me procuram com a intenção de obterem uma ajuda, um caminho, uma direção de vida, que cada ser humano nasce precisamente no dia e na hora exata, em que os planetas no céu se encontram em harmonia exata com o karma emocional e relacional de cada ser.

Existem casos que nos marcam a memória, o pensamento e a alma, existem relacionamentos que seguem o caminho de rumo à felicidade assim como outros à destruição.

Quantos relacionamentos vêm pela amizade, pelo amor, pela paixão, pelo conhecimento, pela sabedoria, pela empatia, pelo inesperado por carência …?! Quantos?!

O caminho que segue sem roturas exige uma vontade e uma consciência férrea para que o percurso de cada um, em cada etapa, seja o necessário para se atingir um relacionamento emocional “ luminoso “ isto é que preencha e nos encha os espaços vazios, ocos, de muitos instantes.

Existem relacionamentos onde não dançam as emoções! As emoções não existem em muitos relacionamentos. Existem, apenas, trocas de palavras.

Também há relacionamentos com a emoção que passam pela dureza da frontalidade mas são verdadeiros.

Vou abordar um pouco de todos os relacionamentos que passaram ou entraram na minha vida, passaram nos meus olhos, pelos meus ouvidos através de consultas, amigos, conhecidos mas, que por alguma razão no tempo e no espaço me marcaram.

Relacionamentos, emoções, empatia, simpatia, e antipatia são palavras que fazem parte da evolução ou das revoluções amorosas.

Tantos erros, tantas folhas, quando a vida escorrega com leveza, sem pensamentos, sem palavras, sem obra …

Comentários